No ar:
Jornal falado - Jones Diniz e Paulo Pinheiro    12h15min às 12h50min

Ouvir!     

» Geral » Vandalismo


03/11/2018 | 12h14min

Estação do Conhecimento é pichada por vândalos

Local voltado à cultura não foi poupado pelos autores de tais "artes"

Vândalos picharam as paredes da estação. Fotos: Ieda BeltrãoVândalos picharam as paredes da estação. Fotos: Ieda Beltrão

A Estação do Conhecimento de Santiago não foi poupada pelos vândalos, que picharam suas paredes, portas e janelas num ato de puro desrespeito e vandalismo.



O prédio histórico da Estação Férrea - foi restaurado para abrigar o Museu do Trem, exposições e atividades voltadas à cultura.

 

A estação e seu entorno não pode se tornar um lugar inseguro como já foi em outros tempos. O trabalho feito para que se tornasse uma referência para eventos artísticos e culturais levou anos para que se concretizasse. 

 

Nesse ano foi registrado o roubo do sino de cobre da Estação Ferroviária, de valor incalculável, pesando 25 quilos.

 

O sino que bateu por diversas vezes nas idas e vindas dos trens, como sinal de paradas e saídas estava na estação, desde sua inauguração, em 1936. Quando a estação foi desativada ele ficou escondido em uma das salas, sem que ninguém o levasse.

 

Com a retomada do prédio pelo Poder Público, e a partir da inauguração da Estação do Conhecimento, em 2011, o sino voltou ao seu local tradicional, como parte de uma peça importante na memória da ferrovia. O grosso suporte de ferro chumbado na parede, justamente  para evitar roubos, foi serrado pelos criminosos que o levaram.

 


Veja também:


03/06/2020 | 11h19min

» Serviço: Senac EAD prepara webpalestras na Semana do Meio Ambiente

03/06/2020 | 10h53min

» Comércio: Centro Empresarial de Santiago lança a Campanha Vivo & Compro Aqui

03/06/2020 | 10h13min

» Moda: Tie-dye cai no gosto das famosas durante quarentena


Comentários:


Voltar ao topo