No ar:
Terra Nativa - Luiz Fernando Rocha    07h00min às 08h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


25/02/2019 | 20h43min

Estados do Sul querem ampliar produção de leite

Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul representam 40% da produção de leite do Brasil

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Os três estados que compõem a região Sul do Brasil querem ampliar a produção de leite para 2019. A região é responsável por cerca de 40% da produção de leite do país, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formam a Aliança Láctea Sul Brasileira, formada há quatro anos, para harmonizar o crescimento da cadeia produtiva de leite na região. 



Os secretários de Agricultura de cada estado estabeleceram que as unidades da Federação devem ampliar a oferta de tecnologia e assistência técnica aos produtores, além de organização setorial para que a logística de distribuição de leite seja mais eficiente. Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estão no topo da produção láctea brasileira, atrás apenas de Minas Gerais.



Outra frente de trabalho para 2019 da Aliança Láctea Sul é buscar mercado externo para dar vazão à produção de leite. Além disso, os três estados têm tradição em agricultura familiar e devem fortalecer o setor, já que pequenos produtores são importantes na produção de leite.


 

Segundo o IBGE, o Rio Grande do Sul foi o estado sulista que mais produziu leite no terceiro trimestre de 2018, com mais de 1,8 milhão de litros, seguido pelo Paraná, com 1 milhão e 600 mil litros produzidos. Santa Catarina teve aproximadamente 1,5 milhão de litros. 



Dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária apontam que, mesmo sendo o quarto maior produtor de leite do mundo, o Brasil ainda importa mais o produto do que exporta. Em 2018, o Brasil importou 169 milhões de litros e exportou 38 milhões.
 


Veja também:


23/05/2019 | 17h27min

» Cidadania: Cras do bairro Missões festeja 10 anos em Santiago

23/05/2019 | 17h26min

» Política: Sério Moro lamenta transferência do Coaf para Ministério da Economia

23/05/2019 | 17h16min

» Serviço: Dos 39.718 eleitores de Santiago, faltam ainda 15.445, sem Biometria


Comentários:


Voltar ao topo