No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Geral » Literatura


03/11/2019 | 15h49min

Escritores santiaguenses lançam livros na Feira

Evento literário inicia nesta quarta-feira; conheça as obras. autores, dia e horário das sessões de autógrafos

Luana Diello lança "O Menino e o Limoeiro". Foto: DivulgaçãoLuana Diello lança "O Menino e o Limoeiro". Foto: Divulgação

A 21ª edição da Feira do Livro de Santiago inicia nesta quarta-feira (6). Vários escritores santiaguenses estarão lançando livros englobando poesia, romance, crônicas, reflexões e contos. Entre eles estão Carlos Rezende, Luana Diello, Evandro Almeida, Deise Marchezan e  Kaylane de Oliveira Fernandes.

 

Veja abaixo a sinopse de cada um:

 

Livro:Mirahy

Autor: Carlos Rezende

Gênero: Poesia

“Carlos Rezende, um poeta que vem do calor, penetra `na névoa que agasalhava a cidade´ e entre o pôr do sol do Guaíba e as estações da cidade, liberta imagens delineadas na memória.

 Vai delicadamente `abrindo um canal´ nas raízes do colo da mãe. E numa tentativa de recuperar o tempo, agrega filhos e amores. Tenta unir fragmentos que não são fragmentos, mas partes importantes de sua vida.

Carrega a coragem não só na busca do seu poema, mas na procura incansável de respostas. Na sua obra artesã, leva-nos a descortinar um erotismo escancarado página após página relatando a vida que pulsa em qualquer idade. O poeta mostra-se maduro no seu fazer.”

Lançados nas Feira do Livro de Santiago, “Do Boqueirão a Compostela”,2016, “Nas trilhas de Humbolt, Bolivar e Guevara”, 2017, e “Multun In Parvo”, 2018.

 

 

Livro: Entre Dois Mundo

Autor: Evandro Almeida

Gênero: Contos

Ambientado no longo período medieval, “Entre Dois Mundos “ é uma viagem fantástica do autor ao âmago de si mesmo, onde luta contra seus monstros e defende seu território, seus domínios, adquirindo maturidade e conhecimento. É um limiar entre o real e o imaginário, o material e o imaterial, é fronteira onde a personalidade se manifesta e se ajusta na busca da sobrevivência, ressignificando a vida a partir das próprias experiências.

É um livro incrível, com cenários típicos do período de expansão do Império Carolíngio. Contém uma narrativa forte, com descrição detalhada de paisagens e seres fantásticos, de situações do quotidiano da época – em tabernas, campos de batalha, reinos, diante do soberano - , bem como uma aguçada descrição psicológica dos personagens dos contos que compõe o livro.

 

 

Livro: Âncora

Autora:Kaylane de Oliveira Fernandes

Gênero: Romance

Os namoros da adolescência, a escolha do curso superior, as amizades, o cheiro e o sabor do café na cantina da universidade, as festas... Momentos ansiosamente esperados por meninos e meninas que já se preparam para assumir os prazeres e os deveres que chegam com a vida adulta – realidade transmutada em ficção pela autora.

Todavia, por mais ficcional que seja o conteúdo de Âncora, ao ler suas páginas imaginamos que temos a nossa frente a jovem Kaylane, cheia de sonhos, focada em seus objetivos, positivamente posicionada, defensora de seus pontos de vista e, que dialogamos com ela como sujeitos privilegiados, pois fomos os escolhidos diante dos quais ela resolveu se desnudar.

 

A imagem pode conter: texto

 

Livro: Palavras

Autora: Deise Marchezan

Gênero: Poesia

“Um livro que procura mostrar o quanto as palavras são significativas em nossa vida, que elas podem nos trazer alento, mas também sofrimento. ”

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Livro: O menino e o limoeiro

Autor: Luana Diello

Gênero: Conto

Um menino em trinta minutos narra para sua professora uma história instigante, cheia de suspenses e perdão aos seus antepassados.

O Menino e o Limoeiro mostra de como podemos mudar nossa realidade e resgatar valores se tivermos amor, fé e persistência...mesmo que sejamos tão pequenos!

 

 


Veja também:


19/11/2019 | 13h31min

» Saúde: Posto Médico de Atendimento (PAM) fechou uma semana com 220 atendimentos

19/11/2019 | 12h59min

» Serviço: Há possibilidade do retorno dos trens de carga por Santiago

19/11/2019 | 12h57min

» Meio Ambiente: Com a aquisição de um picador móvel, os galhos, dentro do Cidade Ativa não serão mais recolhidos


Comentários:


Voltar ao topo