No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Geral » Educação


05/06/2020 | 07h38min

Escola e Lar vão se conectar com o NetBus: uma novidade da Educação em Santiago

Conforme a secretária Mara Rebelo, será um ônibus de 29 lugares, mas que atenderá somente 14 pessoas por vez (alunos e pais), que vai circular pelas escolas

"Dentro do ônibus, eles vão poder acessar suas atividade", diz Mara. Foto: Divulgação"Dentro do ônibus, eles vão poder acessar suas atividade", diz Mara. Foto: Divulgação

A escola sempre foi o segundo lar dos estudantes e, por causa da pandemia e a abrupta interrupção das aulas presenciais, o lar de cada um passou a ser como uma extensão de suas escolas.

 

A internet se tornou o elo entre professores e alunos, tendo os pais como mediadores, dentro do processo de reinvenção da educação. Porém, a conexão muitas vezes não funciona apropriadamente. Tanto a das famílias em criar o ambiente escolar, quanto da própria internet, que por vezes deixa a desejar na questão da velocidade ou até mesmo da perda de pacotes de dados.

 

Para resolver esse problema, a Secretaria de Educação criou emergencialmente o projeto NetBus (Wifi no EscoLAR). Conforme a secretária Mara Rebelo, será um ônibus de 29 lugares, mas que atenderá somente 14 pessoas por vez (alunos e pais), que vai circular pelas escolas. Terá o sinal de internet wifi num raio de 90 metros da escola e pretende auxiliar o aluno na elaboração de suas tarefas.

 

Dentro do ônibus, eles vão poder acessar suas atividades, enviar ou receber material e também fazer a impressão, pois haverá um notebook e uma impressora disponíveis, além de profissionais da Secretaria de Educação à disposição para auxiliar. "Pelo que pesquisamos não há no Brasil um ônibus como esse e talvez um só no mundo, nos EUA. Mas não com equipamentos e profissionais, como o nosso", pontua Mara Rebelo.

 

O itinerário

 

O NetBus vai funcionar durante toda a semana e o cronograma prevê o seguinte itinerário, com dois horários no turno da manhã e dois no turno da tarde:

 

Segunda - Emef Geraldina Bitencourt Borges (Das 8h30 às 10h30); Emei Neuza Manzoni (Das 10h30 às 11h30); Sebastião Colpo (das 13h30min às 15h30min) e EMEI Boa Vista (das 15h30 às 16h30).


Terça -  Emef São José (Das 8h30 às 10h30) e Emei Gente Miúda (Das 10h30 às 11h30); Emef Manoel Abreu (das 13h30min às 15h30min) e Emei Atilio Nicola (das 15h30 às 16h30).


Quarta - Emef Silvio Aquino (Das 8h30 às 10h30) e Emei Mary Peixoto (das 10h30 às 11h30); Emef João Evangelista (das 13h30min às 15h30min) e Emei Bem-Me-Quer (das 15h30 às 16h30).


Quinta - pela manhã Emef Heron Ribeiro (Das 8h30 às 10h30) e Emei Jovino Zambonato (Das 10h30 às 11h30); à tarde Emef Severino Azambuja (das 13h30min às 15h30min) e Emei Mãe Ida (das 15h30 às 16h30).


Sexta - Pela manhã, EMEI Sol Criança  (das 8h e 30m até às 10h e 30min) e  a Recanto da Alegria. (das 10h e 30min até às 12 h). Na parte da tarde, sempre acontecerá a manutenção do veículo e dos equipamentos.


Veja também:


09/07/2020 | 17h03min

» Educação: Acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo defendem de maneira online as suas Monografias de ITFG

09/07/2020 | 11h07min

» Pandemia: Três novos casos de covid-19 são confirmados em Santiago, nesta quinta

09/07/2020 | 10h17min

» Segurança: Homicídios no RS caem 21,9% em junho e fecham semestre abaixo de mil pelo segundo ano seguido


Comentários:


Voltar ao topo