No ar:

Ouvir!     

» Geral » Justiça


25/09/2019 | 15h33min

Em Santiago, 50% dos servidores aderiram a greve dos servidores do poder judiciário

Atendimento continua normal para as medidas de urgência, como vida, liberdade e saúde

Em razão da greve dos servidores do poder judiciário do Estado compete ao magistrado titular de cada unidade judiciária decidir sobre eventual prorrogação de prazo processual.

 

A orientação foi emitida pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro por meio de ofício circular.

 

A orientação do presidente do TJ leva em conta o fato de cada comarca ter suas peculiaridades próprias.

 

No mesmo documento, o desembargador também aconselha os diretores dos fóruns das comarcas a mantê-los abertos e em funcionamento, além de não dar efetividades para os servidores que aderirem a greve.

 

Em Santiago 50% dos servidores aderiram à greve deflagrada no dia 17 de setembro. Eles protestam contra a extinção de 3.500 cargos de oficiais escreventes, reivindicam a reposição salarial de 5,58%, desde 2015, cujo projeto de lei está na Assembleia Legislativa e a equiparação do Vale refeição no mesmo patamar dos magistrados.

 

O atendimento continua normal para as medidas de urgência, como vida, liberdade e saúde.


Veja também:


14/11/2019 | 17h06min

» Obras: Daer deve concluir obras em rodovias até 20 de dezembro

14/11/2019 | 17h04min

» Saúde: Banco de Armação de Óculos pretende beneficiar quem não pode pagar por um novo

14/11/2019 | 10h02min

» Luto na literatura: Santiago se despede da escritora Lise Fank


Comentários:


Voltar ao topo