No ar:
Chimarrão e Canto -    18h00min às 20h00min

Ouvir!     

» Geral » Tradicionalismo


11/06/2021 | 09h52min

Eduardo Leite sanciona lei que define 2021 como o Ano do Nativismo Gaúcho

Em homenagem aos 50 anos do festival Califórnia da Canção Nativa, de Uruguaiana

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

O governador Eduardo Leite sancionou, na tarde de quinta-feira (10), o projeto de lei (PL) que institui 2021 como o Ano do Nativismo Gaúcho, em homenagem aos 50 anos do festival Califórnia da Canção Nativa, de Uruguaiana. O PL é de autoria do deputado estadual Frederico Antunes, também líder do governo na Assembleia Legislativa.

 

“Precisamos olhar para o futuro sem deixar de cultivar nossas raízes. Olhar para o passado, para nossa tradição, cultivá-las, não significa nos apegarmos sem a capacidade de construirmos coisas novas, e nos torna mais envolvidos com a nossa própria terra como certamente poucos Estados no Brasil têm a capacidade de se conectar por meio da cultura. Movimentamos esse sentimento em relação ao Estado por meio da cultura. E essa cultura é cultivada por meio de um festival reconhecido, que mobiliza milhares de pessoas, e que ganhou muito espaço nos últimos anos, nos trazendo orgulho de sermos gaúchos”, destacou o governador.

 

• Clique aqui e assista a íntegra do evento.

 

A Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana é um evento artístico musical que ocorre no RS desde 1971. É um patrimônio cultural do Estado, por meio da Lei Estadual nº 12.226, de janeiro de 2005.

 

O festival é o precursor do Movimento Nativista Gaúcho, que incentivou a realização de centenas de outros em várias cidades da região Sul do Brasil, que hoje ocorrem em todo o país.


Veja também:


12/06/2021 | 16h47min

» Saúde: Sábado foi de vacinação em Santiago para 56 e 57 anos e nesta segunda será a vez de 55 anos

12/06/2021 | 16h32min

» Pandemia: Ministério da Saúde confirma antecipação da vacina da Johnson

12/06/2021 | 16h27min

» Meio Ambiente: Caixa lança programa de preservação ambiental


Comentários:


Voltar ao topo