No ar:
Caseriando - Marco Antônio Nunes    12h00min às 14h00min

Ouvir!     

» Geral » Segurança


23/07/2019 | 16h48min

Delegado Regional anuncia inovações na 21ª Região Policial

Conforme o delegado Guilherme Milan Antunes, a primeira delas diz respeito ao atendimento das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar

Imagem: divulgaçãoImagem: divulgação

As duas ideias iniciais implantadas na 21ª Delegacia Regional de Polícia serão inauguradas no dia 21 de agosto, concomitante com a posse do novo titular, delegado Guilherme Milan Antunes.

 

Conforme o delegado, a primeira delas diz respeito ao atendimento das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, com a criação da sala “sala das margaridas” já em pleno funcionamento junto à DPPA. O atendimento é feito por uma policial feminina em um ambiente diferente do trivial das ocorrências policiais. Também está sendo firmado convênio com a URI para atendimento psicológico ás vítimas.

 

A segunda iniciativa, que também já está em prática, foi a instalação de um núcleo de lavagem de dinheiro que vai atender a todas as delegacias da região, concernente às investigações envolvendo o tráfico de drogas. Entende o delegado Guilherme que não basta apenas trabalhar na privação de liberdade dos acusados por tráfico, é necessário atingir seus bens para que não voltem e sigam traficando.

 

Outra novidade é a transformação da antiga delegacia de delitos de trânsito, na chamada DRACO - Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, com abrangência regional.  A nova delegacia de Santiago tem vinculação direta ao Deic com atribuições ligadas ao tráfico de drogas, roubo de carga e a banco, e outros crimes graves com maior impacto social.

 

A posse do delegado Guilherme, como titular da 21ª Região Policial está marcada para as 09 horas no dia 21 de agosto, no salão de atos da URI e as inaugurações dos dois mais novos atendimentos na sede da delegacia regional, às 9h, com a presença da chefe de polícia do RS,  Nadine Farias Anflor, primeira mulher a assumir a hierarquia máxima da Polícia Civil gaúcha, em 177 anos de instituição, em substituição ao delegado Emerson Wendt - que atua na área de inteligência na nova gestão.


Veja também:


19/10/2019 | 14h53min

» Política: Presidente da CCJ defende rejeitar tratado da OIT que acaba com demissão sem justa causa

19/10/2019 | 14h52min

» Política: Destravar o mercado de gás depende de “vontade política”, afirma presidente da Associação Brasileira da Indústria Química

19/10/2019 | 14h50min

» Economia: AGU: Receita pode compartilhar dados fiscais com órgãos de controle


Comentários:


Voltar ao topo