No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Meio Ambiente


19/06/2018 | 14h56min

Definitivamente o frio não mata o mosquito da dengue

Por isso a comunidade de Santiago continua em alerta

Nem a geada extermina a larva. Foto: Ieda BeltrãoNem a geada extermina a larva. Foto: Ieda Beltrão

O frio não acaba com o mosquito Aedes aegypty por isso a comunidade continua  em alerta.Conforme a coordenadora das equipes de combate a dengue em Santiago, médica veterinária Eva Muller, já está comprovado de que a larva deste mosquito  se adaptou à estação fria.

 

Observa que o frio diminui a quantidade de mosquitos adultos, mas não combate as larvas.  A população deve  evitar qualquer acúmulo de água, por onde eclodem os ovos .

 

Alertou ainda para os cuidados de dentro de casa. É comum que o mosquito se esconda para se proteger do frio, em especial atrás de cortinas e móveis. Convidou a todos para que aproveitem o inverno e eliminem qualquer possibilidade de criadouro do Aedes.

 

Algumas residências  ainda estão sendo visitadas de pessoas com suspeita de contaminação, apesar do trabalho de contaminação já ter sido concluído por equipes  de Santa Maria e  Santo Ângelo,  que já deixaram  a cidade de Santiago.

 

Eva Muller disse que agora a responsabilidade é de cada um, incluindo as denúncias para o telefone 3249 7600. Todos os problemas  verificados pelos agentes de saúde são passados para os fiscais da prefeitura.

 

Santiago registrou dez casos internos de Chikungunya comprovando a existência de mosquito contaminado.


Veja também:


19/04/2019 | 11h14min

» Literatura: "Lua de Renda", é uma das atrações da Quarta Semana Literária

19/04/2019 | 10h07min

» Economia: Mais da metade dos contribuintes já declararam Imposto de Renda

19/04/2019 | 10h06min

» Telefonia: Começa o recadastramento de clientes de celulares pré-pagos


Comentários:


Voltar ao topo