No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Política


09/08/2019 | 14h17min

Definidos os dias da Consulta Popular 2019

A assembleia do Corede Vale do Jaguari será no dia 16 de agosto

Foram definidos os dias da Consulta Popular 2019. O pleito do governo do Estado, organizado pela Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE), será dias 4, 5 e 6 de setembro.

 

A votação, que elencará as prioridades regionais para serem executadas em 2020, será on-line pelo site (www.consultapopular.rs.gov.br) ou presencialmente em pontos definidos pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

 

Também tiverem inicio as assembleias dos Coredes, com a participação da equipe técnica da Secretaria de Governança e Gestão Estratégica. Nos encontros serão definidos os projetos serão votados pelos gaúchos. Cada uma das 28 regiões do Estado listará suas demandas. Os escolhidos nas assembleias são os que constarão nas cédulas de votação.

 

O recurso disponível para a Consulta Popular deste ano será de R$ 20 milhões e a quantia distribuída entre as regiões responderá a critérios como quantidade de habitantes e Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese).

 

A assembleia do Corede Vale do Jaguari será no dia 16 de agosto, a partir das 9 horas, na Câmara de Vereadores dando o ponta pé inicial no processo da consulta popular. O presidente do Corede, Heitor Leal já adiantou que serão poucos recursos. Para toda a região, serão apenas R$ 750 mil. 

 

 Após o dia 16 o Corede vai se reunir para decidir se realizará nove assembleias, uma em cada município do Vale do Jaguari, ou apenas duas microrregionais em função do pouco tempo até a votação das demandas.


Veja também:


17/08/2019 | 10h40min

» Economia: Desigualdade de renda no país chega ao 17° trimestre consecutivo de alta, revela FGV

17/08/2019 | 10h39min

» Economia: Caixa e Banco do Brasil iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

17/08/2019 | 07h29min

» Tráfico: Brigada Militar prende trio por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo


Comentários:


Voltar ao topo