No ar:
A Voz do Brasil - EBC Serviços    19h00min às 20h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


02/09/2021 | 16h04min

Coopatrigo superou no mês de agosto o seu faturamento bruto registrado em 2020

Fato que foi comemorado pela Direção da Cooperativa que projeta um objetivo de chegar em dezembro com uma cifra próxima de R$ 2 bilhões

Foto: Divulgação/CoopatrigoFoto: Divulgação/Coopatrigo

A Coopatrigo atingiu no dia 31 de agosto o mesmo faturamento bruto registrado nos 12 meses de 2020, fato que foi comemorado pela Direção da Cooperativa que projeta um objetivo de chegar em dezembro com uma cifra próxima de R$2 bilhões.

 

Eram 15 horas e 30 minutos de terça-feira quando o presidente Paulo Pires registrou uma mensagem ao time de gerentes e responsáveis de setores dizendo que naquele exato momento a Coopatrigo atingia a marca de R$1.372.321.370,00. “É com muita satisfação que hoje 31/08/2021 as 15:30hs ultrapassamos o faturamento alcançado no ano de 2020. Parabéns a todos e, temos ainda 4 meses para fazer história! Juntos em frente!” disse Paulo Pires na mensagem.


Na quarta-feira o presidente Paulo Pires comentou o marco importante dentro do Informativo Coopatrigo, dividindo a informações com todo o quadro social da Cooperativa e comunidades onde ela atua. “O faturamento bruto é um dos índices medidos pelas empresas, ele é importante juntamente com outros índices e nos dá um indicativo que estamos no caminho para a construção de um bom ano de resultado, que é o mais relevante”, comentou Paulo Pires.


O fato de estar registrando esta marca no início de setembro também foi destacado por Paulo Pires. “Setembro é o mês da nossa fundação e sempre desenvolvemos ações para deixar registrada a passagem do aniversário da Coopatrigo e lembrar do pioneirismo dos fundadores que plantaram uma semente que se transformou nesta grande empresa dos tempos atuais”, pontuou o Presidente da Coopatrigo.


Na sua participação no Programa da Cooperativa Paulo Pires também comentou sobre uma notícia ruim que é a confirmação de uma tendência de frustração nas safras de inverno, onde o Departamento Técnico lhe entregou esta semana um levantamento apontando a projeção de 31% de quebra no potencial produtivo do trigo e 25% na canola. “Nem tudo são notícias boas e esta é uma péssima informação, mas que infelizmente temos que absorver e continuar o trabalho para atingir os nossos objetivos”, finalizou o presidente da Coopatrigo Paulo Pires.


Veja também:


18/10/2021 | 17h12min

» Saúde: Ministério da Saúde distribui primeiro lote de Pfizer para adolescentes sem comorbidades

18/10/2021 | 16h57min

» Meio Ambiente: Cras Vó Ângela envolve usuários na produção de verduras em sua Horta Comunitária

18/10/2021 | 16h55min

» Meio Ambiente: Nesta quarta vai ter coleta de pneus em Santiago


Comentários:


Voltar ao topo