No ar:
Nova Era (Musical) - Sergio Ramos    18h00min às 23h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


28/02/2019 | 16h47min

Coopatrigo concluiu reuniões regionais

Presidente Ivo Batista apresentou o crescimento da cooperativa a partir da implantação da estratégia de divisão do resultado

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Encerrou na terça-feira o ciclo de reuniões de prestação de contas da Coopatrigo ao seu quadro social, onde a cooperativa apresentou os seus números contábeis do exercício de 2018, bem como a proposta de destinação dos resultados que será encaminhada à Assembleia Geral Ordinária marcada para o dia 15 de março.

 

Em todos os encontros a proposta foi aprovada por unanimidade diante das explicações do presidente Ivo Batista que apresentou o crescimento da Coopatrigo a partir da implantação da estratégia de divisão do resultado liquido da cooperativa, 50% para o associado e colaboradores e 50% como capital de giro e investimentos da empresa.

 

“Esta proposta de divisão dos resultados foi levada aos associados a partir de 2013 e de lá para cá crescemos 239% no faturamento bruto, 199% no recebimento de grãos, 257% na venda de insumos e 321% na destinação dos resultados para os associados”, justificou o presidente da Coopatrigo.

 

Nos encontros os associados também tomaram conhecimento do orçamento da Coopatrigo para 2019, com as metas de recebimento de grãos, vendas de insumos e vendas de todos os setores comerciais da cooperativa, dados estes apresentados pelo vice-presidente Luiz Flávio de Oliveira.

 

“Nosso faturamento de 2018 foi extraordinário, por isso planejamos um faturamento de 1.201.000.000,00 para este ano, compreendendo os fatures que ajudaram no nosso crescimento no ano passado e que não estão nas mesmas condições atualmente, como os preços das comodities”, afirmou Luiz Flávio.

 

O Superintendente Paulo Cordenonsi se dirigiu aos associados abordando os negócios da Coopatrigo que estão fora de eixo grãos/insumos, sendo cada um deles importante para construir o resultado da cooperativa e principalmente permitir o pagamento do “retorno” ao final do ano. “Nossa gestão realiza um acompanhamento permanente de todos os setores para que eles tenham resultado e permitam a destinação do montante de recurso que realizamos todos os anos”, afirmou Paulo Cordenonsi.

 

Outro destaque das reuniões regionais da Coopatrigo foram os investimentos feitos em 2019 e também o “plano safra soja” que são os itens que a cooperativa coloca como diferenciais para a entrega de produção, promovendo uma valorização ainda maior na soja. Estes dois itens também foram apresentados pelo presidente Ivo Batista.

 

As reuniões regionais da Coopatrigo reuniram mais de 1.000 associados e em todas elas houveram a participação de membros dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, Sindicatos Rurais, representantes de instituições financeiras especialmente Sicredi, Banco do Brasil e Banrisul, representantes de Câmaras de Vereadores, Emater e vários chefes de executivos: Auri Brandt Kochhann prefeito de Pirapó, João Hass prefeito de Roque Gonzales, Jaques Freitas Gracia vice-prefeito de Capão do Cipó, Tiago Gorski Lacerda prefeito de Santiago, Joaquim Bourscheidt vice-prefeito de Mato Queimado, Daniel Seffrin Herter vice-prefeito de Caibaté, Ricardo Klein prefeito de São Nicolau e José Moacir Fabricio Dutra prefeito de Bossoroca.

 

Agradecendo o prestígio de todos nestes encontros a Coopatrigo convida agora para a sua Assembléia Geral Ordinária que está marcada para o dia 15 de março a partir das 10hs na Associação dos Funcionários, na RS 165 saída para o Rolador.

 

 

 


Veja também:


25/08/2019 | 13h46min

» Trânsito: Veículo fica destruído após incêndio em Itaqui

25/08/2019 | 13h20min

» Cinema: Secretários de Cultura de 22 estados assinam nota em “defesa” da Ancine

25/08/2019 | 13h17min

» Economia: Pequenos negócios criaram 95% das vagas em julho, diz Sebrae


Comentários:


Voltar ao topo