No ar:

Ouvir!     

» Geral » Vale do Jaguari


12/09/2019 | 17h07min

Consulta popular teve baixa votação ,3.872 contra 19 mil eleitores, no ano passado

A expectativa do Vale Jaguari era da participação de 10 mil eleitores

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Em 2019, no Vale Jaguari, 3.872 votantes na Consulta Popular, bem abaixo que no ano passado, quando votaram 19 mil eleitores.

 

O programa mais votado, com 2.312 votos, foi o Uso e manejo de agrotóxicos que tem como objeto a aquisição de veículos para fiscalização em segundo lugar ficou a Recuperação  e Melhorias de Estradas Vicinais, com 1.051 votos e em terceiro lugar – Saneamento Básico Regional, com  509 votos.

 

A demanda  mais votada terá R$ 742 mil. Cada município do Vale do Jaguari  vai receber Aproximadamente R$ 82 mil, o que dá para adquirir dois veículos para o trabalho de orientação e fiscalização sobre o uso e manejo de agrotóxicos.

 

No Estado  votaram 253 mil eleitores, também abaixo do registrado em 2018, que foi de 700 mil votantes. De acordo com o presidente do Corede Vale do Jaguari, Heitor Leal, a redução foi bastante significativa em um processo, que ao longo dos anos vem tendo descrédito, influenciado pelas questões políticas e financeiras. No entanto, Leal espera que em 2020, o processo tenha mais mobilização e mais recursos para investimentos. A expectativa do Vale Jaguari era da participação de 10 mil eleitores.

 

Neste ano, o governo do Estado liberou R$  20 milhões. Na série histórica da Consulta Popular, desde quando foi implantada em 1998 este foi o menor valor liberado, influenciando negativamente na mobilização popular, que resultou na baixa votação ocorrida nos dias 04, 05 e 06 de setembro em todo o RS.


Veja também:


14/11/2019 | 17h06min

» Obras: Daer deve concluir obras em rodovias até 20 de dezembro

14/11/2019 | 17h04min

» Saúde: Banco de Armação de Óculos pretende beneficiar quem não pode pagar por um novo

14/11/2019 | 10h02min

» Luto na literatura: Santiago se despede da escritora Lise Fank


Comentários:


Voltar ao topo