No ar:
Meu Rincão - Marco Antônio Nunes    07h00min às 09h00min

Ouvir!     

» Geral » Violência


05/08/2022 | 09h50min

Conselho Tutelar de Santiago está preocupado com casos de violência contra crianças e adolescentes

A conselheira Helena Gonçalves pediu à população que se utilize, anonimamente das diversas formas de fazer denúncias

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

O Conselho Tutelar de Santiago está preocupado com os casos de abuso sexual contra 70% das crianças e adolescentes que ocorrem em todo o Brasil muitas vezes dentro do próprio lar, o que acaba mais difícil de ser identificados. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, é dever de todo o cidadão comunicar situações de suspeita ou confirmação de violência contra  menores de idade, incluindo violência sexual.

 

A conselheira Helena Gonçalves pediu à população que se utilize, anonimamente das diversas formas de fazer denúncias, uma delas é via disque 100. O caso será averiguado pelo Conselho Tutelar. Uma desconfiança apenas já é suficiente para desencadear o atendimento. Outra opção é procurar o Conselho Tutelar, que também manterá todo o sigilo.

 

Helena salientou que as denúncias têm aumentando muito em Santiago. A família é procurada e a vítima encaminhada ao Creas, responsável pelo atendimento adequado a este tipo de violência. A criança ou adolescente é retirada da presença do agressor e conduzida à Casa de Acolhimento ou aos parentes mais próximos./ Em muitos casos a mãe tem conhecimento da prática de abuso sexual dentro da casa, mas por outras razões acaba negando.

 


Veja também:


13/08/2022 | 15h00min

» Cidade: Município evolui processos eletrônicos para diminuir a zero o uso de papel

13/08/2022 | 14h52min

» Saúde: Acordar na madrugada para comer pode ser distúrbio de sono, diz médica

13/08/2022 | 14h50min

» Eleições 2022: Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira


Comentários:


Voltar ao topo