No ar:
A Voz do Brasil - EBC Serviços    19h00min às 20h00min

Ouvir!     

» Geral » Expointer


30/08/2021 | 17h01min

Cabanha de Santiago é das primeiras a chegar para a 44ª Expointer, que inicia dia 4 de setembro

Evento vai até o dia 12 de setembro e contará com 4.057 animais, sendo 2.825 de argola e 1.232 rústicos

Secretária Silvana Covatti recebe a cabanha de Santiago. Foto: Itamar Aguiar/Palácio PiratiniSecretária Silvana Covatti recebe a cabanha de Santiago. Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

O criador Paulo Roberto Moraes Arocha, da Cabanha Infantada, de Santiago, foi o primeiro a chegar para participar da 44ª Expointer, que acontecerá de 4 a 12 de setembro. Ele ingressou no Parque de Exposições Assis Brasil e chamou a atenção com seus exemplares da raça Merino e Ile de France. Junto com ele, também chegaram produtores Cleber Martins, da Cabanha Oliveira, de Uruguaiana, com três exemplares da raça Texel; e Roque Vinícius Moraes, da Cabanha Don Dindo, de Santo Antônio das Missões, com dois Poll Dorset.

 

Os expositores buscam boas perspectivas de comercialização, com negócios sendo fechados durante a feira e ao longo de todo o ano. “Não tenho expectativa de levar títulos, mas venho aqui para poder vender os meus carneiros que ficam na minha casa. A feira é a vitrine do Rio Grande do Sul”, comentou o santiaguense Arocha que, pelo sexto ano, chega primeiro à Expointer. Ele conta que, ano passado, decidiu não participar por causa da pandemia. “Perdi gente na minha família, estava tudo complicado, tinha que ficar em casa né? Aí não viemos. Mas agora é preciso enfrentar essa Covid, nós vivemos disso, trabalhamos pra isso e temos que retomar a vida”, desabafou Arocha.

 

A 44ª Expointer ocorrerá de 4 a 12 de setembro e contará com 4.057 animais, sendo 2.825 de argola e 1.232 rústicos. Para a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, o momento da chegada dos animais é muito simbólico. “A partir de hoje, o parque passa ser a casa, por alguns dias, do que há de melhor na nossa pecuária, que tem um nível de excelência no Estado. Além de festejarmos a nova condição sanitária de área livre de febre aftosa sem vacinação, também vamos comemorar nesta Expointer a safra recorde de soja do último verão e as boas projeções para as plantações de inverno”, destacou Silvana.


Veja também:


18/10/2021 | 17h12min

» Saúde: Ministério da Saúde distribui primeiro lote de Pfizer para adolescentes sem comorbidades

18/10/2021 | 16h57min

» Meio Ambiente: Cras Vó Ângela envolve usuários na produção de verduras em sua Horta Comunitária

18/10/2021 | 16h55min

» Meio Ambiente: Nesta quarta vai ter coleta de pneus em Santiago


Comentários:


Voltar ao topo