No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Tráfico


05/09/2019 | 16h39min

Brigada Militar de Santiago prende traficante e apreende 18 tijolos de maconha no bairro Monsenhor Assis

Ação ocorreu na tarde desta quinta-feira; um adolescente foi apreendido e um usuário

Traficante foi preso na tarde desta quinta. Fotos: Ieda BeltrãoTraficante foi preso na tarde desta quinta. Fotos: Ieda Beltrão

Na tarde desta quinta-feira (5) a Brigada Militar de Santiago, através do Setor de Inteligência, prendeu um traficante no bairro Monsenhor Assis.


Os policiais receberam uma informação de que estaria havendo comercialização de drogas em uma residência próxima ao Jockey.

 

Ao verificarem a denúncia, abordaram um comprador e decidiram entrar na residência. Durante revista localizaram no interior da casa, 18 tijolos de maconha (aproximadamente 13kg).

 

A droga é oriunda de Porto Alegre. O traficante foi preso; apreendido um adolescente e um usuário (comprador). Também foram apreendidos um rascunho de contabilidade, uma balança de precisão e um celular. 

 

Os três envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia para providências.  

 

De acordo com a polícia, a apreensão da droga representa uma queda significativa para o tráfico de drogas.

 

Diversas ações da Brigada Militar em conjunto com a Polícia Civil  vem sendo realizadas para combater o tráfico de entorpecentes em Santiago e região. Maconha e cocaína estão entre as principais drogas apreendidas. 

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

 


Veja também:


17/10/2019 | 09h38min

» Cidadania: Unidade do Taifa é reinaugurado no bairro Missões

17/10/2019 | 09h24min

» Saúde: Senado aprova obrigação de exame em 30 dias para diagnóstico de câncer

17/10/2019 | 09h19min

» Economia: Caixa e BB iniciam nova fase de pagamento do PIS/Pasep


Comentários:


Voltar ao topo