No ar:
A Voz do Brasil - EBC Serviços    19h00min às 20h00min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


22/12/2020 | 10h01min

BioNTech afirma que pode fornecer em seis semanas vacina adaptada à mutação do coronavírus

Cofundador do laboratório alemão relatou que a tecnologia do RNA mensageiro permite a criação de um imunizante correspondente à nova cepa

O laboratório alemão BioNTech, que em parceria com a americana Pfizer produziu a primeira vacina aprovada internacionalmente contra a Covid-19, anunciou que poderia fornecer uma vacina adaptada à nova cepa do vírus registrada no Reino Unido em poucas semas.

 

"Tecnicamente somos capazes de fornecer uma nova vacina em seis semanas", disse Ugur Sahin, cofundador do laboratório alemão.

 

Sahin destacou que o método usado na concepção do imunizante permite a imitação da evolução do vírus. "A beleza da tecnologia do RNA mensageiro é que podemos diretamente começar a conceber uma vacina que imita fielmente a nova mutação", disse, em uma entrevista coletiva, um dia depois da aprovação da União Europeia (UE) a sua vacina.


Veja também:


25/01/2021 | 17h39min

» Serviço: Secretaria municipal de Desenvolvimento Social alerta para o Cadastro Único

25/01/2021 | 17h12min

» Educação: Sicredi começa preparar instalação da primeira Cooperativa Escolar de Santiago

25/01/2021 | 16h29min

» Educação: Representantes do projeto vencedor do Empreenda URI recebem o prêmio


Comentários:


Voltar ao topo