No ar:

Ouvir!     

» Geral » Política


04/12/2019 | 13h10min

Alta demanda de atendimento em Santa Maria motivou fechamento do PML de Santiago

Um documento conjunto, assinado pelas autoridades locais deverá ser produzido com intuito de reverter esta situação, com a solicitação ao governo do Estado de concurso para médico legista

Alta demanda em Santa Maria, a quantidade de exames realizados em Santiago e a saída de quatro médicos-legistas estão entre os principais motivos que levaram ao fechamento por tempo indeterminado do Posto Médico Legal de Santiago.  A informação é do vereador Rafael Nemitz que manteve contato com  o IGP. Ressalta que o Instituto Geral de Perícias, considera a demanda de exames de lesões (corpo de delito) e necropsias muito baixa no município. Em 10 meses, foram realizados 515 exames de lesões no PML de Santiago, o que representa uma média de 51,5 exames por mês.  

 

Em relação as necropsias, em Santiago foram realizados 33 exames em 10 meses.  Em Santa Maria foram 40 exames em apenas 30 dias.

 

Ainda segundo o vereador, as necropsias solicitadas em Santiago serão direcionadas para Santa Maria até a nomeação de novos médicos e os exames de lesão ocorrerão, somente, em dois dias da semana, os quais ainda não foram definidos. A alta demanda registrada em Santa Maria, fazendo com que os legistas de Santiago, Eliseu Garcia e José Carlos Ourique, se desloquem para plantões no PML de Santa Maria. 

 

Um documento conjunto, assinado pelas autoridades locais deverá ser produzido com intuito de reverter esta situação, com a solicitação ao governo do Estado de concurso para médico legista.


Veja também:


22/02/2020 | 19h41min

» Trânsito: Acidente de trânsito causa a morte de uma pessoa em Unistalda

22/02/2020 | 19h27min

» Gauchão: Caxias vence o Grêmio e é campeão do primeiro turno do Gauchão

22/02/2020 | 14h22min

» Segurança: Carnaval de Jaguari: mais de 100 veículos foram fiscalizados pela PRF; nove condutores autuados


Comentários:


Voltar ao topo