No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


23/03/2021 | 10h29min

Alemanha reforça medidas anticovid para a Páscoa

Durante cinco dias, de 1º a 5 de abril, apenas lojas de alimentos estarão autorizadas a abrir

Um feriado de Páscoa quase confinado: a maioria dos comércios será fechada e os serviços religiosos cancelados ou organizados online na Alemanha para conter a "nova pandemia" da covid-19 causada pela variante britânica. Durante cinco dias, de 1º a 5 de abril, o país viverá uma "pausa", com contatos entre pessoas limitados ao mínimo e apenas lojas de alimentos autorizadas a abrir, anunciaram nesta terça-feira (23) Angela Merkel e os 16 Länder, após mais de doze horas de negociações.

 

"A situação é séria, muito séria", alertou a chanceler. "O número de casos está aumentando exponencialmente e os leitos de terapia intensiva estão se enchendo de novo", disse Merkel em uma entrevista coletiva realizada no meio da noite.

 

Nessas condições, "é importante aproveitar o período da Páscoa para conter a dinâmica das infecções", ressaltou nesta terça o vice-chanceler, Olaf Scholz. A taxa de incidência atingiu hoje 108,1 casos por 100.000 pessoas, em alta constante nas últimas semanas, com mais de 7.700 novos casos e 50 mortes registradas nas últimas 24 horas.


Veja também:


13/04/2021 | 10h26min

» Pandemia: Alemanha aprova endurecimento da lei anti-covid que inclui toques de recolher

13/04/2021 | 10h02min

» Saúde: Agências de saúde dos EUA pedem interrupção do uso da vacina da Janssen após coágulos sanguíneos

13/04/2021 | 09h36min

» Saúde: Secretaria da Saúde auxilia municípios a identificar quem ainda não recebeu segunda dose da vacina da Covid-19


Comentários:


Voltar ao topo