No ar:
A Voz do Brasil - EBC Serviços    19h00min às 20h00min

Ouvir!     

» Geral » Justiça


25/08/2021 | 13h53min

Acusado de matar menino de 10 anos será julgado nesta quinta pelo tribunal do júri

Mikael Ananias da Silveira é acusado de matar o menino João Vitor Mendonça Severo, com 10 anos

João Vitor foi morto no dia 19 de janeiro de 2019. Foto: DivulgaçãoJoão Vitor foi morto no dia 19 de janeiro de 2019. Foto: Divulgação

Está marcado para está, quinta-feira, a partir das 9h45min, o julgamento pelo Tribunal do júri de Santiago do réu Mikael Ananias da Silveira acusado de matar o menino João Vitor Mendonça Severo, com 10 anos de idade, caso que chocou a comunidade em especial por se tratar de uma criança.

 

Ao comentar sobre o assunto a promotora de justiça Silvia Inês Miron Jappe lembrou que o crime ocorreu no dia 19 de janeiro de 2019 durante a madrugada, ocasião em que o réu, pretendendo matar aquele que achava ser o novo companheiro de sua ex-mulher, ingressou na residência, atacando a pessoa que estava na cama, desferindo várias facadas. Só que quem dormia na ocasião era o filho de sua ex-esposa que acabou morrendo em função dos ferimentos.

 

A promotora observou que na denúncia estão inscritas duas qualificadoras que tornam o crime mais grave: do motivo torpe e do recurso que dificultou a defesa da vítima. Os jurados além de votarem sobre a prática do homicídio  também decidirão sobre a presença, ou não destas qualificadoras.

 

 A qualificadora do motivo torpe decorre do fato de que o réu agiu por ciúmes. Conforme a promotora o réu foi egoísta e possessivo. E a qualificadora do recurso que dificultou a defesa da vítima decorre da surpresa porque a vítima foi atingida com golpes de faca, quando estava dormindo.

 

A promotora acredita que em função da pandemia o acesso a sala do tribunal do júri ficará restrito a alguns familiares, já que grande parte das cadeiras reservadas a plateia foi reservada para os jurados, afins de obedecer ao distanciamento controlado./ A defesa do réu está a cargo do advogado Antonio Sergio Bueno e na presidência do Tribunal do Juri o juiz substituto, Thiago Tristão Lima.

 

 


Veja também:


18/10/2021 | 17h12min

» Saúde: Ministério da Saúde distribui primeiro lote de Pfizer para adolescentes sem comorbidades

18/10/2021 | 16h57min

» Meio Ambiente: Cras Vó Ângela envolve usuários na produção de verduras em sua Horta Comunitária

18/10/2021 | 16h55min

» Meio Ambiente: Nesta quarta vai ter coleta de pneus em Santiago


Comentários:


Voltar ao topo