No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Educação


06/12/2018 | 09h20min

Acadêmicos da Uri participam de Curso de Palinologia na Ulbra de Canoas

Conhecimentos adquiridos no curso permitiram vislumbrar uma nova linha de pesquisas na universidade

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

No dia 1º de dezembro a Coordenação de Educação Continuada da Ulbra de Canoas realizou o curso de Palinologia para os funcionários e acadêmicos da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, que foi ministrado por dois especialistas da área.

 

O curso em questão faz parte da capacitação para execução das análises melissopalinológicas (análise de polens contidos no mel) do projeto Avaliação de Condições Ambientais pela Análise do Mel de Abelhas Sem Ferrão - JATAÍ, convênio 63/2016.

 

Durante o curso, além de tópicos relacionados à parte técnica da identificação polínica, foram abordadas aplicações da Palinologia como a Palinologia Forense (análise de pólen para investigação de crimes diversos, como rotas do tráfico e/ou de contrabando, adulterações de alimentos, etc.). Os estudos de Estratigrafia (análise de polens em rochas sedimentares e turfeiras fornecendo informações sobre a evolução da vegetação durante os últimos milhares de anos), entre outros. 

 

Participaram do encontro os Professores Vânius Ventorini Veiga e Marcelo Marques Tusi, juntamente com o colaborador Felipe Teixeira Moreira e os acadêmicos Cássio Marques Resmim, Ricardo Cancian e Keuvin Gibicoski do Amarante (do curso de Ciências Biológicas), Jéssica Nadalon Zambeli e Caroline Vesz Bassin (do curso de Agronomia) e Ledieli Belmonte Soares Tusi (da Farmácia).


Veja também:


22/05/2019 | 13h41min

» Educação: Sabedoria de dona Zeni sobre plantas medicinais encantou alunos da escola João Evangelista

22/05/2019 | 11h19min

» Oportunidade: Aplicador de inseticida é uma das vagas do Sine de Santiago

22/05/2019 | 11h16min

» Economia: 83 milhões de brasileiros possuem ao menos uma compra parcelada


Comentários:


Voltar ao topo