No ar:
Jornal falado - Jones Diniz e Paulo Pinheiro    12h15min às 12h50min

Ouvir!     

» Geral » Economia


19/06/2020 | 17h28min

Abono do PIS/Pasep 2020/2021 começa a ser pago no dia 30

Quem não sacou o abono do calendário 2019/2020 poderá efetuar o saque

O pagamento do abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2019 terá início no dia 30 e término em 30 de junho de 2021, de acordo com informações do Ministério da Economia. Para os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), a data de pagamento é no mês do nascimento. Já para os funcionários públicos, associados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), é o dígito final do número de inscrição do Pasep.

 

Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração média de até dois salários mínimos e estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

Neste ano, o abono traz uma novidade. Os trabalhadores com saques previstos para o ano de 2020 a partir de 30 de junho já vão ter o dinheiro creditado na conta, no caso correntistas da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Para os demais participantes, o abono estará disponível a partir de 16 de julho.

 

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro recebem o PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque no próximo ano. Servidores públicos com o final de inscrição do Pasep de 0 a 4 também recebem este ano e as inscrições com o final de 5 a 9 ficam para 2021. 


Veja também:


13/07/2020 | 09h48min

» Tráfico: Brigada Militar prende mulher e apreende dois adolescentes por tráfico de drogas em São Vicente do Sul

13/07/2020 | 09h47min

» Economia: Governo inicia pagamento por parcelas a servidores que recebem acima de R$ 1,5 mil

13/07/2020 | 09h45min

» Educação: MEC diz que resultado do Sisu sairá nesta terça-feira


Comentários:


Voltar ao topo