No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h30min às 06h30min

Ouvir!     

» Geral » Agricultura


22/10/2020 | 17h20min

A joaninha é predadora dos pulgões em citros, como laranjeiras e pessegueiros

Controle biológico de pragas foi destaque na Emater de Santiago

Joaninha é predadora natural. Foto: DivulgaçãoJoaninha é predadora natural. Foto: Divulgação

O controle biológico de pragas foi destaque na Emater de Santiago com atenção a joaninha que é predadora dos pulgões em citros, como laranjeiras e pessegueiros.

 

Conforme o engenheiro agrônomo, Dairton Lewandowisk a joaninha devora cerca de 50 pulgões por dia. A joaninha não deve ser eliminada dos pomares e de outras culturas porque ela faz o papel de um inseticida natural.

 

 Já  vespa Trichogramma  (tricograma), que tem apenas 1 milímetro, ela  ataca os ovos das lagartas, que costumam devorar as folhas e componentes vegetais das culturas e tem ciclo curto de 10 dias./  Dairton coloca que a vespa é vendida comercialmente através de biofábricas que produzem os ovos a serem liberados nas lavouras.

 

Observa que se um produtor adquirir sozinho duas cartelas, suficiente para uma hectare, custará R$ 70,00 por hectare; porém se a compra for organizada para 15 hectares, o custo cai pela metade.

 

A ideia é organizar a aquisição das vespas através da Emater para diminuir o custo. Os produtores interessados podem ligar para o escritório de Santiago pelo telefone 3251 2985, ou pessoalmente para receberem orientações sobre a época mais adequada para a aquisição das cartelas.


Veja também:


29/11/2020 | 14h52min

» Pandemia: Final de semana registra 15 novos casos de Covid-19 em Santiago

29/11/2020 | 14h41min

» Tráfico: Menor é apreendido comercializando droga no bairro Vila Nova

29/11/2020 | 14h39min

» Natal Encantado: Rotary e Centro Empresarial estimulação decoração natalina


Comentários:


Voltar ao topo