No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    00h00min às 04h59min

Ouvir!     

» Esporte » Lei Vini Jr


05/09/2023 | 10h14min

Santiago reforça combate ao racismo em eventos esportivos

A Lei Vini Junior, sancionada em 5 de julho, no Rio de Janeiro, foi inspirada pelo incidente de racismo sofrido pelo jogador Vinicius Jr do Real Madrid

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O município de Santiago deu um passo significativo no combate ao racismo em eventos esportivos com a aprovação da Lei Vini Jr. Por iniciativa do Poder Executivo Municipal e após aprovação na Câmara de Vereadores, a lei tornou-se obrigatória e busca coibir atos racistas nos estádios, ginásios e complexos esportivos da cidade.

 

A lei estabelece medidas rigorosas para lidar com a conduta racista durante eventos esportivos. Se for constatada conduta racista praticada por grupos durante uma partida, ela será imediatamente encerrada para a aplicação das medidas cabíveis. Em caso de reincidência ou conduta racista conjunta de torcedores, o organizador do evento ou o delegado da partida podem decidir pelo encerramento da partida.

 

Conforme o prefeito Tiago Gorski Lacerda, essa legislação prevê a realização de campanhas educativas de combate ao racismo antes e durante os eventos esportivos, bem como a divulgação das políticas públicas de apoio às vítimas. Funcionários e prestadores de serviços envolvidos nos eventos também serão treinados para cumprir as diretrizes da lei.

 

A Lei Vini Junior, sancionada em 5 de julho, no Rio de Janeiro, foi inspirada pelo incidente de racismo sofrido pelo jogador Vinicius Jr do Real Madrid. A lei 489/2023 também contempla a criação do Protocolo de Combate ao Racismo, reforçando o compromisso de Santiago em enfrentar esse problema de maneira eficaz e justa.


Veja também:


16/06/2024 | 20h11min

» : Futsal: ACCAD estreia com vitória em Alegrete

16/06/2024 | 09h39min

» : Futsal: Ser Santiago perde para a ACBF

16/06/2024 | 09h03min

» : Futsal: ACCAD Santiago estreia na Bronze


Comentários:


Voltar ao topo