No ar:

Ouvir!     

» Esporte » Brasileirão


24/09/2020 | 17h23min

Moisés e Edenilson já estão à disposição no Inter contra o São Paulo

Foto: Ricardo Duarte/Inter/DivulgaçãoFoto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

O Inter volta as suas atenções para dois importantes jogos nos próximos dias, o São Paulo, no sábado, e o América, pela Libertadores, em Cali, e mais um Clássico, desta vez pelo Brasileiro, no dia 3. Para enfrentar o tricolor paulista, o técnico Eduardo Coudet terá os retornos do lateral Moisés e do meia Edenilson. O meia Patrick, que ficou no banco no clássico de ontem, também deve ser opção.

 

O lateral Uendel e o volante Rodrigo Dourado, com Covid-19, devem ficar 14 dias afastados das atividades. O volante Johnny que sentiu um desconforto muscular não teve o local do problema e a previsão de retorno divulgados pela assessoria de imprensa do clube.

 

Quem está próximo de retorna aos gramados é Yuri Alberto. O centroavante lesionou dia 27 de agosto e tinha como previsão de voltar aos gramados em seis semanas. Porém, retomou os treinamentos em três semanas. Mesmo assim, deve ficar mais alguns dias trabalhando com os companheiros antes de ficar à disposição de Coudet. A tendência é que ele seja opção para o jogo contra o América de Cali, dependendo da reação do organismo aos treinamentos

 

Ao falar sobre a escalação do Inter com um meio de campo com Musto, Rodrigo Lindoso, Marcos Guilherme e Boschilia, o treinador admitiu dificuldades. “A escalação inicial foi adaptada aos jogadores que tínhamos e a dificuldade que tem todas as equipes com o que estamos atravessando (série de jogos no meio e no final da semana). Tentamos colocar na formação uma postura mais agressiva...”, ressaltou Coudet.

 

Correio


Veja também:


18/10/2020 | 20h27min

» Brasileirão: Inter vence o Vasco e dorme na liderança do Brasileirão

18/10/2020 | 15h02min

» Brasileirão: Grêmio pedirá anulação da partida contra São Paulo

16/10/2020 | 17h20min

» Clube: Grêmio negocia a contratação de Diego Churin, do Cerro Porteño


Comentários:


Voltar ao topo