No ar:
Correspondente Ipiranga - Rede Gaúcha Sat    12h50min às 13h00min

Ouvir!     

» Esporte » Futebol


29/04/2020 | 15h24min

Ministro do Esporte da Itália não garante retomada do futebol em 2020

"Se não for segura, seremos forçados a parar", disse Spadafora

Foto: © Reuters/Eric Gaillard/Direitos ResevadosFoto: © Reuters/Eric Gaillard/Direitos Resevados

Depois de Argentina, Holanda, Bélgica e França, a Itália pode ser a próxima a determinar o encerramento do futebol nesta temporada. A afirmação é do Ministro do Esporte do país, Vincenzo Spadafora. Em entrevista ao programa Omnibus, do canal de televisão La7, Spadafora deixou claro que o governo italiano está cada vez mais cético em relação à retomada das partidas.

 

“Voltar aos treinos não significa retomar o campeonato. Se não queremos ter incertezas, basta seguir a linha da França e da Holanda, que pararam tudo. Sinceramente, vejo o caminho de recuperação se estreitando. Se eu estivesse no lugar dos presidentes dos clubes, pensaria na nova temporada.

 

A escolha da França também pode pressionar a Itália e outros países europeus. Pode haver uma maioria de presidentes prontos para pedir suspensão e se prepararem melhor para o próximo campeonato”.

 

Apesar do pessimismo, o Ministro do Esporte da Itália deixou claro que não está contra o futebol.

 

“Como Ministro do Esporte, eu seria um tolo em demonizar o futebol e a Serie A, mas se a recuperação não for segura, seremos forçados a parar. Eu acho que a Liga e a Federação Italiana devem começar a pensar em um plano B. Até o fim desta semana, o comitê técnico científico dirá se o protocolo de treinamento é viável e, em alguns dias, nós comunicaremos aos clubes se decidiremos pela retomada do campeonato”.

 

No último domingo, o Primeiro-Ministro da Itália, Giuseppe Conte afirmou que as equipes poderiam voltar aos treinamentos a partir do dia 4 de maio, entretanto, não comentou sobre o retorno das partidas. A Federação Italiana de Futebol (FIGC) elaborou um protocolo médico para a retomada das atividades. De acordo com o documento, cada clube formará um grupo de jogadores, equipe técnica, médicos e fisioterapeutas que serão testados e depois isolados em um campo de treinamento.

 

A Itália foi o epicentro da pandemia do novo coronavírus (covid-19) na Europa. O Campeonato Italiano está suspenso desde o dia 8 de março, restando 12 rodadas para terminar a Serie A. A Juventus lidera a competição com 63 pontos, apenas um a mais que a Lazio, que ocupa a segunda colocação.           


Veja também:


20/10/2020 | 08h07min

» Libertadores: De volta a ponta da tabela, Inter é só sorrisos e se volta para a Libertadores

20/10/2020 | 07h14min

» Libertadores: Grêmio se prepara para enfrentar o América de Cali

18/10/2020 | 20h27min

» Brasileirão: Inter vence o Vasco e dorme na liderança do Brasileirão


Comentários:


Voltar ao topo