No ar:

Ouvir!     

» Esporte » Futebol


14/08/2019 | 08h37min

Copa do Brasil: Grêmio e Furacão começam a decidir semifinal nesta quarta

A bola rola para o Tricolor e Athletico Paranaense a partir das nove e meia da noite

Foto: Lucas Uebel/Divulgação/GrêmioFoto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

Promessa de alta temperatura na noite desta quarta-feira (14), pela Copa do Brasil. Grêmio e Athletico Paranaense fazem o primeiro compromisso das semifinais entre as equipes em Porto Alegre. 

 

Dono da casa, o Grêmio é o segundo time do país com o maior número de conquistas do torneio, cinco ao todo, atrás somente do Cruzeiro, que é hexa. A última vez que o Imortal levantou a taça da Copa do Brasil foi em 2016, sob o comando de Renato Portaluppi, que continua à frente da equipe. No Brasileirão a equipe gaúcha vem patinando e é apenas a 14ª colocada e na Libertadores terá que enfrentar o Palmeiras pelas quartas de final. 

 

Para o confronto, o técnico gremista deve contar com força máxima para o duelo.

 

Do outro lado, o Athletico Paranaense vem motivado em busca da conquista inédita da competição. Em 2013, o Furacão fez a sua melhor campanha, mas acabou com o vice depois de perder a final para o Flamengo, time que eliminou nas quartas de final da edição deste ano. Sob o comando de Tiago Nunes, a equipe paranaense já faturou dois estaduais e uma Copa Sul-Americana, considerado por muitos o título de maior expressão da história da equipe. 

 

O time já deu adeus à Liberta e agora está na 11ª posição no Brasileirão. O Furacão também deve contar com sua equipe completa para o compromisso desta noite. 

 

A bola rola para Grêmio e Athletico Paranaense a partir das nove e meia da noite, horário de Brasília.


Veja também:


23/08/2019 | 05h22min

» Publicidade: Vem encher o carrinho no Damian CenterLar! Tem muitas promoções!

22/08/2019 | 05h55min

» Libertadores: Inter perde para o Flamengo e terá dura missão no jogo de volta

21/08/2019 | 06h00min

» Lilertadores: Grêmio perde para o Palmeiras no jogo de ida das quartas de final da Libertadores


Comentários:


Voltar ao topo