No ar:

Ouvir!     

» Entretenimento » TV


11/07/2021 | 14h49min

"Salve-se quem puder" aposta nos triângulos amorosos que dividem torcidas na reta final da novela

Kyra (Vitória Strada) ama Rafael (Bruno Ferrari) e Alan (Thiago Fragoso) Foto: Rede Globo/DivulgaçãoKyra (Vitória Strada) ama Rafael (Bruno Ferrari) e Alan (Thiago Fragoso) Foto: Rede Globo/Divulgação

Depois de passar quase toda a novela querendo contar para a mãe, Helena (Flávia Alessandra), que estava viva, Luna (Juliana Paiva) finalmente revelou toda a verdade para a empresária na semana passada, em “Salve-se quem puder”. Mesmo tendo bebido na fonte dos clássicos dramalhões mexicanos para escrever o tão esperado momento, o autor Daniel Ortiz criou uma sequência emocionante, digna de um bom melodrama. Bem dirigidas, as duas atrizes brilharam.

 

Apesar de ser bem infantil, a novela, única trama inédita da Globo no ar, entra agora em sua última semana com boa audiência. O que demonstra que o público dos folhetins está cansado de tantas reprises. Além de grandes revelações, como o reencontro entre mãe e filha, “Salve-se quem puder” aposta em outro ingrediente clássico capaz de fisgar o público: os triângulos amorosos. No caso da história das sete, as três protagonistas vivem o mesmo dilema e terão que escolher entre dois homens no fim da novela. Os romances da atrapalhada Kyra (Vitória Strada, uma atriz muito carismática) são os que mais movimentam as torcidas nas redes sociais. A jovem ama Rafael (Bruno Ferrari) e Alan (Thiago Fragoso) com a mesma intensidade, e os telespectadores se dividem entre os que querem o casal “#Alyra e os que desejam #Kyrael juntos no final.

 

Calcada no maniqueísmo entre vilões e mocinhos, “Salve-se quem puder” aposta mesmo suas fichas finais no “quem vai ficar com quem?”. Os malvados certamente serão punidos e os bondosos terão seus dias de glória. Além do destino de Kyra, resta ao público conhecer as escolhas de Luna (Juliana Paiva), dividida entre Téo (Felipe Simas) e Alejandro (Rodrigo Simas), e Alexia (Deborah Secco), que é disputada por Zezinho (João Baldesserini) e Renzo (Rafael Cardoso). Em tempos tão duros como os atuais, o público das novelas ainda quer torcer e sonhar com o bom e velho conto de fada.

 

Flávia Alessandra e Juliana Paiva já interpretaram mãe e filha em “Além do horizonte” (2013), outra novela exibida no horário das sete da Globo. Na história dos autores Marcos Bernstein e Carlos Gregório, Heloísa (Flávia) e sua filha, Alice, a Lili (Juliana), vivem todo um conflito após o sumiço do pai da jovem, Luiz Carlos Barcelos (Antonio Calloni). Cercada de mistério e aventura, a novela, que mostrava três jovens atrás de parentes e amigos desaparecidos, não emplacou, e várias mudanças foram realizadas ao longo da exibição.

 

Fonte: Telinha


Veja também:


29/07/2021 | 09h18min

» Flerte: Ítalo Ferreira e Julieta! Será?

22/07/2021 | 11h08min

» Gente: Novo amor de Larissa Manoela: atriz vive romance com o jovem galã André Luiz Frambach

17/07/2021 | 16h51min

» Novela: Giulia Gayoso e Bruna Griphão serão as princesas Isabel e Leopoldina na segunda fase de Nos tempos do Imperador


Comentários:


Voltar ao topo