No ar:
De Bem com a Vida - Ieda Beltrão    11h30min às 11h40min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Comportamento


26/12/2017 | 15h39min

Simpatias para começar bem 2018!

Pimenta, champanhe para seguir em frente

Proteção para 2018. Foto: DivulgaçãoProteção para 2018. Foto: Divulgação

Seja qual for a sua crença, há sempre uma simpatia para dar uma força naquele seu desejo especial de ano-novo: atrair amor, sorte, dinheiro, paz…

É claro que muitas das nossas realizações dependem apenas de nós. Entretanto, que tal anotar algumas simpatias para fazer na noite da virada e começar o Ano-Novo com o pé direito?

 

Sal grosso para proteger

 

É utilizado para trazer proteção e recarregar as nossas energias, por isso ele tem tudo a ver com esta época do ano. Para a virada do 31 de dezembro, coloque dois punhados de sal grosso em um copo de água. Ao lado, acenda uma vela azul sobre um pires – com cuidado para não se machucar! Quando a vela terminar de queimar, tome um banho e despeje a água do copo sobre o seu corpo, do pescoço para baixo.

 

Romã, símbolo de fertilidade e prosperidade

 

A fruta sempre aparece nas ceias de Natal e Ano-Novo. Por possuir uma grande quantidade de sementes, a tradição associa a fruta à fartura, fertilidade e prosperidade. Então, se esses são seus desejos para 2018, faça a seguinte simpatia na noite do Réveillon: corte a fruta ao meio e escolha, de acordo com a sua intuição, três sementes. À meia-noite, você deve colocá-las na boca, porém sem engolir. Feito isso, seque-as e guarde-as envoltas em um papel branco durante todo o ano. Leve as sementes de romã consigo na carteira, na nécessaire, no carro ou onde preferir. O importante é que elas estejam sempre com você. Ou seja, nada de deixá-las em casa!

 

Arruda para afastar o mal

 

Desde a Antiguidade, a arruda é usada para fins medicinais e em preparos que tenham como objetivo proteger contra o mau-olhado e as vibrações negativas. Para esta simpatia, apanhe do pé um galhinho de arruda e guarde-o na sua carteira ou na bolsa, se você usa sempre a mesma, no último dia do ano. Quando ele secar, jogue-o em um jardim florido. Repita a simpatia ao longo do ano, se desejar, para ter sorte e prosperidade.

 

 

Champanhe para seguir em frente

 

Na noite do dia 31 de dezembro, é normal brindarmos com a bebida, que simboliza bons momentos, desejos positivos e felicidade. Para deixar para trás tudo o que aconteceu de ruim em 2017 e atrair somente coisas boas em 2018, aposte nesta simpatia. Ao encher a sua taça na noite do Ano-Novo, brinde com seus familiares ou amigos e, antes de beber o primeiro gole, pense em tudo que quer deixar pra trás. Então, jogue o primeiro gole da bebida pra trás, por cima de sua cabeça, e beba apenas o segundo gole, mentalizando seus desejos mais profundos para os dias que estão chegando. Se puder fazer isso assim que der meia-noite, melhor ainda!

 

 

Pimenta contra inveja

 

É usada contra a inveja e o mau-olhado, além de aparecer muito nas simpatias para atrair o amor. Aposte em uma tradição que combina todos esses efeitos: encha um pote de barro pequeno com sal grosso e enterre seis pimentas dedo-de-moça. Ao lado do pote, acenda uma vela roxa. Mentalize o que você deseja alcançar e, ao final, apague a vela, coloque o que restou dela dentro desse mesmo pote e guarde em um local da sua casa – aquele cantinho que você sabe que ninguém vai mexer. Deixe lá ao longo do ano e, sempre que encontrá-lo, relembre os pedidos que mentalizou ao fazer a simpatia.

 

Amuletos para dar sorte em 2018

Que tal garantir a sorte em grande estilo com a joias da nova coleção Life Wishes Proteção by Vivara. São pulseiras de couro, com pingentes de prata, apresentando ícones simbólicos para o ritual de passagem de ano. Combine uma, duas ou três e reforce as boas energias!

 

LIFE BY VIVARA

 


Veja também:


22/01/2018 | 11h50min

» Animais: Seis dicas para cuidar do seu pet no verão

19/01/2018 | 14h32min

» #ficaadica: Alimentos podem salvar sua pele

19/01/2018 | 14h20min

» Comportamento: Nomes que estão sendo cada vez menos usados


Comentários:


Voltar ao topo