No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Vida / Estilo » Beleza


24/10/2017 | 14h44min

"Prefiro ter a autoestima de agora do que o metabolismo dos 30", diz Patrícia Poeta

"Meu corpo é minha casa... Se eu não cuidar dele, ninguém o fará por mim", completa a apresentadora de 41 anos

Patrícia Poeta. Foto: Bruna Castanheira / divulgaçãoPatrícia Poeta. Foto: Bruna Castanheira / divulgação

A apresentadora do É de Casa, Patrícia Poeta completou 41 anos na última quinta (19), esbanjando saúde, beleza e elegância. "Acho que, com o passar dos anos, a gente vai se conhecendo melhor, sabe do que gosta, do que não gosta... Descobre o próprio estilo e cada vez mais a própria 'essência'", explica.

 

"Claro que meu corpo já não responde como há dez anos. Aos 30, comia todos os doces que queria, sem medo de ser feliz. Hoje, a realidade é outra. Mas prefiro ter a segurança e a autoestima de agora do que o metabolismo dos 30"

 

Uma das razões para estar segura de si é a reeducação alimentar pela qual vem passando desde 2015. "Mente e corpo têm que estar bem, em equilíbrio. Quando comecei a minha reeducação alimentar, estava com os exames de sangue todos alterados e colesterol alto. Foi uma questão de saúde e, por isso, procurei orientação médica", conta.

 

"Vi que não dava para continuar levando a mesma vida. Tem uma hora que o corpo cobra, né?! E acho que quando nós nos cuidamos internamente, o resultado acaba aparecendo externamente também. Você se sente mais feliz, com certeza. Faz bem para a autoestima saber que se está mais saudável e ainda poder usar aquelas roupas que não cabiam mais ou que não não estavam vestindo bem", comemora.

 

Para manter a beleza e a boa forma em dia, a apresentadora conta que tem de controlar a vontade de comer doces:

 

"Sempre fui uma formiguinha. Fazia brigadeiro de panela e comia tudo num dia se deixassem. Doces são a minha maior tentação. Mas, hoje em dia, me controlo um pouco... Pouquinho!"

 

"Se enfiei o pé na jaca um dia, tento compensar no outro e pegar leve. É a famosa lei da compensação, sabe?! Não tem jeito. O que tenho a meu favor é que não bebo álcool e gosto de me movimentar, então nunca estou parada", explica.

 

"Caminho ou corro no calçadão, faço musculação três vezes por semana e aulas de balé fitness. Mesmo que esteja cansada, me obrigo a me exercitar, porque sei que vou me sentir melhor e mais disposta para enfrentar as tarefas do dia a dia"

 

"Meu corpo é minha casa... Se eu não cuidar dele, ninguém o fará por mim. De cuidados diários? Uso protetor solar - até mesmo nos dias de chuva. Além disso, faço tratamento com colágeno na dermatologista e hidrato o cabelo no salão de 15 em 15 dias", complementa

 

Gshow

 

 

 


Veja também:


19/11/2017 | 11h34min

» Casa: Já está na hora de montar a árvore de Natal?

19/11/2017 | 11h10min

» Programe-se: Veja quantos feriados prolongados teremos em 2018

16/11/2017 | 14h23min

» Meio Ambiente: Praça Moisés Viana é embelezada por voluntários que fazem o plantio de orquídeas


Comentários:


Voltar ao topo