No ar:
Galpão Nativo (2º parte) - Marcelo Peronio    18h00min às 18h45min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Vida / Estilo » Moda


16/05/2017 | 15h04min

Os melhores tecidos para se exercitar no inverno

Shortinhos e bermudas saem, e calças e mangas mais compridas entram

Foto: Divulgação/revista PilatesFoto: Divulgação/revista Pilates

O tempo frio não é exatamente o mais convidativo para malhar, entretanto, quem tem um objetivo, sabe que não se pode deixar abater por qualquer ventinho gelado. Sendo assim, escolher a roupa certa faz toda a diferença. Shortinhos e bermudas saem, e calças e mangas mais compridas entram, mas podem ser de qualquer tecido? Não! Então descubra quais são os melhores para esse período.

 

Parte de baixo

 

Para atividades de média intensidade ou que não exijam muitos movimentos, como caminhada, pilates, ioga, etc., “você pode optar por calças de moleton ou plush (uma malha de veludo), muito confortáveis e ambos de algodão, um tecido ótimo para exercícios que não demandam muita transpiração, pois ele absorve o suor e a evaporação para o ambiente é lenta”, explica Paula Hubner, designer de moda e consultora de imagem.

 

Para atividades mais intensas, como corrida, aulas de zumba, step ou jump, por exemplo, que pedem muitos movimentos como agachamentos, abertura de pernas, etc., “é necessária uma calça mais coladinha, e as mais indicadas são de suplex ou lycra. Vale destacar que tecidos mais brilhantes como o cirrê, podem ser bem explorados de acordo com o tipo físico de cada um, e a cintura alta também é um recurso bem legal para quem quer manter a barriguinha no lugar. Além disso, ela permite mais liberdade de movimento, já que não é preciso se preocupar se vai pular uma gordurinha aqui ou ali”, diz a profissional.

 

Parte de cima

 

Se a intensidade da sua atividade é mediana, “você pode optar por uma camiseta ou regata de algodão ou viscose, pelos mesmos motivos da escolha das peças de moleton ou plush, que priorizam o conforto e respeitam o tempo de secagem do suor do tecido”, lembra Paula. Por baixo, um top de lycra cai muito bem, para dar sustentação aos seios.

 

Quando for uma atividade mais intensa, em que há muito suor e o corpo fica muito quente, “é indicada uma camisita de dry fit, em especial feito com fio de poliamida (encontre essa informação na etiquetinha de composição que vai dentro da peça), pois ela é termoreguladora (mantém a temperatura em um nível confortável), tem uma respirabilidade melhor que o poliéster (outro tipo de fio que também pode ser feita a peça, mais quente e retém mais o suor), ou seja, o ‘transporte’ da transpiração para fora do tecido é mais eficiente. Além disso, ainda tem um toque mais suave e confortável”. 

 

Daquidali


Veja também:


23/05/2017 | 14h21min

» Nutrição: O que comer para curar a gripe ou resfriado mais rápido

23/05/2017 | 14h01min

» Receita: Prepare um bolo de bergamota com casca

16/05/2017 | 15h29min

» Novela: Acompanhe o capítulo 7 da rádio novela Raízes da Terra


Comentários:


Voltar ao topo