No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Vida / Estilo » Saúde


03/11/2017 | 11h59min

Hábitos que podem prejudicar as unhas

Uso de acetona e contato com produtos de limpeza estão entre eles

Unhas precisam de cuidados para ficaram saudáveis. Foto: DivulgaçãoUnhas precisam de cuidados para ficaram saudáveis. Foto: Divulgação

Muitas pessoas sofrem com unhas fracas e quebradiças. Especialista apontam algumas das causas que podem contribuir e muito para isso. Acompanhe abaixo: 

 

- Mau hábito alimentar: inusitado, mas influencia (e muito) a saúde das unhas. Alguns alimentos que são ricos em biotina como laranja, trigo e melão, são recomendados para deixar suas unhas lindas.

 

- O uso de acetona como removedor: por mais que você não imagine, a acetona destrói a hidratação da unha. Escolha removedores delicados e, após aplicar o produto, use hidratante nas mãos e unhas.

 

Não passar base antes do esmalte: se a base existe, é para ser usada. Ela protege a unha, deixando que o efeito do esmalte não as atinja diretamente.

 

- Contato com produtos de limpeza: os produtos de limpeza são compostos por ingredientes químicos. Use, sempre, luvas de borracha na hora de utilizá-los.

 

- O uso contínuo do teclado: se você é daquelas que está sempre grudada com o computador, use bases fortalecedoras para que as unhas fiquem firmes. O contato com as teclas vai desgastando as unhas e com o tempo pode prejudicá-las.

 

- Tirar as cutículas: as cutículas protegem as unhas, impedindo a entrada de fungos e bactérias. A melhor maneira de fazer isso é empurrar com a espátula ou remover o excesso a cada 2 semanas. Apenas o excesso.

 

- Roer as unhas: a saliva possui uma acidez que deixa as unhas porosas com o tempo. Uma maneira de parar com essa mania, é usar bases com soluções que trazem um sabor amargo.


Veja também:


19/11/2017 | 11h34min

» Casa: Já está na hora de montar a árvore de Natal?

19/11/2017 | 11h10min

» Programe-se: Veja quantos feriados prolongados teremos em 2018

19/11/2017 | 11h05min

» Saúde: Uso racional de antibióticos é fundamental para a saúde


Comentários:


Voltar ao topo