No ar:

Ouvir!     

» Geral » Música


05/02/2018 | 16h36min

Vinte cinco anos sem Túlio Piva

Vida e obra do sambista foi retratada no documentário "Túlio Piva - Pandeiro de Prata"

Grande sambista. Foto: DivulgaçãoGrande sambista. Foto: Divulgação

Há exatamente 25 anos, no dia 11 de fevereiro de 1993, morria o compositor gaúcho Túlio Piva. Nascido em Santiago, Piva é considerado um dos principais representantes do samba autêntico, por seu estilo único de compor e dedilhar o violão.

 

Seus três maiores sucessos, os sambas "Tem que Ter Mulata", “Gente da Noite” e “Pandeiro de Prata”, foram gravados por nomes como Elza Soares, Germano Mathias, Jair Rodrigues, Luiz Vieira e Demônios da Garoa.

 

Ao partir, Túlio deixou um acervo formado por mais de 200 composições inéditas, incluídas, em parte, no CD “Túlio Piva – Composições Inéditas”, produzido por seus netos.

 

Em 2006, foi homenageado com o lançamento do CD-Book "Túlio Piva - Pra ser Samba Brasileiro", que resgata parte da obra do compositor.

 

Em 2015, por ocasião do centenário de seu nascimento, a vida e obra do sambista foi retratada no documentário “Túlio Piva - Pandeiro de Prata”, dirigido por Marco Martins e Loli Menezes e com produção musical de Rodrigo Piva, neto de Túlio.

 

 


Veja também:


22/02/2019 | 17h04min

» Trânsito: Ponte do bairro Jardim ficará interrompida por uma semana

22/02/2019 | 16h49min

» Saúde: Teleoftalmo completará um ano de atividades em Santiago

22/02/2019 | 10h01min

» Turismo: Santiago, Jaguari e Nova Esperança querem desenvolver o turismo rural


Comentários:


Voltar ao topo