No ar:

Ouvir!     

» Geral » Trânsito


12/02/2018 | 10h50min

Terceira noite do Carnaval de Jaguari registra uma pequena redução no fluxo de veículos

Foram fiscalizados 169 veículos e 153 condutores foram submetidos ao teste de etilômetro

Foto: Polícia Rodoviária Federal/DivulgaçãoFoto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

No final da noite de domingo (11) e madrugada desta segunda (12), foram fiscalizados 169 veículos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e 153 condutores foram submetidos ao teste de etilômetro. Entre os condutores, 10 recusaram-se a realizar o teste, e outros 2 apresentaram resultado positivo para a presença de álcool.

 

Foram apreendidas 10 Carteiras de Habilitação, pois um destes condutores não era habilitado e outro estava com o direito cassado. Salientando que, a simples negativa em realizar o teste de etilômetro já enseja as medidas administrativas idênticas a dos condutores que sejam flagrados dirigindo sob a influência de álcool, com autuação no valor de R$ 2934,70, apreensão da CNH, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

 


Durante a noite 8 agentes da PRF participaram das atividades, sendo emitidos 39 autos de infração de trânsito; foram recolhidas, além das carteiras de habilitação, 8 certificados de licenciamento veicular e 2 veículos foram removidos ao depósito do Detran.

 

Durante o domingo a PRF manteve as ações educativas, com abordagens direcionadas aos coletivos de transporte de passageiros, atingindo-se 267 pessoas sobre regras de segurança no trânsito. Com o apoio de agentes de Santa Maria e Uruguaiana, além do reforço de efetivo local, as atividades direcionadas ao Carnaval de Jaguari mantem-se até a madrugada de quarta-feira.
 


Veja também:


21/05/2018 | 14h32min

» Serviço: Prazo para produtores aderirem ao Programa de Regularização Tributária Rural foi adiado mais uma vez

21/05/2018 | 14h08min

» Música: Conheça os vencedores do quinto Festival Estudantil da Canção, do Isaías

21/05/2018 | 14h02min

» Trânsito: Fazer o sinal antes de atravessar a faixa de pedestre pode ser obrigatório


Comentários:


Voltar ao topo