No ar:
Baita Chão - Marcelo Peronio e Marco Antônio Nunes    14h05min às 15h30min

Ouvir!     

» Geral » Gente


26/10/2017 | 10h11min

Temer recebe alta e deixa hospital após tratar obstrução urológica

O presidente foi levado ao Hospital do Exército no início da tarde após sentir-se mal

"Estou inteiro", disse acenando para os jornalistas na noite desta quarta. Foto: Agência Brasil/Divulgação"Estou inteiro", disse acenando para os jornalistas na noite desta quarta. Foto: Agência Brasil/Divulgação

O presidente Michel Temer teve alta no início da noite de desta quarta (25) após sofrer uma obstrução urológica. Ele saiu do Hospital Militar de Base de Área (HMAB), do Exército, às 20h e seguiu para o Palácio do Jaburu, sua residência oficial.

 

Ao deixar o hospital, o presidente acenou para jornalistas, fez sinal de positivo e afirmou: “Estou inteiro”. Em nota, o Palácio do Planalto informou que Temer passa bem e repousará em casa.

 

O presidente foi levado ao Hospital do Exército no início da tarde após sentir-se mal. Após avaliação no departamento médico do Palácio do Planalto, foi constatada a obstrução urológica. No hospital, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina.

 

Alguns aliados do presidente foram ao hospital, mas não puderam visitá-lo no quarto.

 

Enquanto esteve no hospital, Temer não teve informações sobre o andamento da sessão na Câmara que vota hoje a segunda denúncia contra ele. Segundo a assessoria do presidente, ele não assistiu televisão nem teve acesso ao telefone celular e só vai se inteirar dos acontecimentos na Câmara ao chegar em casa. 

 

EBC


Veja também:


21/06/2018 | 10h26min

» Copa da Rússia: Prefeitura de Santiago altera horários de funcionamento nos dias em que o Brasil joga

21/06/2018 | 10h21min

» Trânsito: Acidente envolvendo caminhão e carro causam lesões em passageira

21/06/2018 | 10h13min

» Economia: Apenas 16% dos brasileiros pouparam dinheiro em abril, mostra indicador do SPC Brasil e CNDL


Comentários:


Voltar ao topo