No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Meio Ambiente


24/10/2017 | 09h47min

Semana Nacional de combate ao mosquito da dengue

O maior volume de chuvas do período facilita a reprodução do Aedes aegypti

Calor e chuva colaboram para a proliferação do Aedes aegypti. Foto: DivulgaçãoCalor e chuva colaboram para a proliferação do Aedes aegypti. Foto: Divulgação

A Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para o combate ao Aedes aegypti em mais de 210 mil unidades públicas e privadas do país.

 

A ação, promovida pelo governo federal, visa a alertar a população sobre a importância de combater, ainda antes do verão, o mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. O maior volume de chuvas do período facilita a reprodução do Aedes aegypti.

 

No total, serão mobilizadas 146.065 escolas da rede básica, 11.103 centros de assistência social e 53.356 unidades de saúde. A articulação é feita pela Sala Nacional de Coordenação e Controle, que reúne os ministérios da Saúde, da Integração, da Defesa, do Desenvolvimento Social e da Educação, a Casa Civil e a Secretaria de Governo da Presidência da República, além de outros órgãos convidados.

 

Em Santiago a mobilização tem sido permanente, através do Comitê de Combate à Dengue, que além  do trabalho dos agentes de endemias, tem procurado envolver a participação de toda a população no combate ao mosquito. A coordenadora, Eva Muller, lamenta, no entanto, o desleixo de alguns moradores, mesmo depois das atividades de campo, em não eliminar possíveis focos do mosquito.

 


Veja também:


23/11/2017 | 16h37min

» Moda: Coque com lenço é a nova onda do verão

23/11/2017 | 16h10min

» Solidariedade: Apae de Santiago vai promover o Dia do Doar

23/11/2017 | 15h56min

» Agenda: "Partiu Ernesto Alves" neste domingo


Comentários:


Voltar ao topo