No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Economia


03/01/2018 | 06h43min

Sem descontos, agora IPVA pode ser pago em até três vezes

Mas já com a variação da Unidade de Padrão Fiscal (UPF) para 2018, que será corrigida em 2,94%

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Encerrou nesta terça o prazo para quitação antecipada do IPVA 2018. A partir desta quarta-feira (3), o IPVA poderá ser pago em até três vezes, mas já com a variação da Unidade de Padrão Fiscal (UPF) para 2018, que será corrigida em 2,94%.

Já para se habilitar ao parcelamento, o proprietário do veículo precisa pagar a primeira parcela até 31 de janeiro – as duas subsequentes serão em fevereiro, até o dia 28, e março, até o dia 29. Os descontos são de 3% para a primeira parcela, 2% para a segunda e 1% para a terceira.

 


Serviço



Quem paga? Todos os proprietários de veículos automotores fabricados a partir do ano de 1999.



Como pagar? Para quitar o imposto, o proprietário deverá apresentar Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Junto com o IPVA, é possível pagar o seguro obrigatório (DPVAT – cujo valor ainda não foi divulgado pela Susep), taxa de licenciamento e multas de trânsito.



Onde pagar? Desde o dia 13 de dezembro, no Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi, Caixa (loterias) e Banco do Brasil (somente para clientes).



Consultas e dúvidas

 

Para auxiliar os contribuintes, a Fazenda disponibiliza um site específico, o www.ipva.rs.gov.br. Nele, é possível consultar todos os dados relativos aos veículos, como multas, valores a pagar e pendências. Além do site, é possível baixar o aplicativo do tributo (IPVA RS) para dispositivos móveis, disponível gratuitamente na App Store e na Google Play.

 

 


Veja também:


22/05/2018 | 16h26min

» Política: Marcha dos Prefeitos em Brasília: saúde, educação e verbas federais na pauta do prefeito de Santiago

22/05/2018 | 15h11min

» Eleições 2018: Santiago já ultrapassa a 40 mil eleitores

22/05/2018 | 14h28min

» Saúde: Santiago ainda não atingiu a meta de vacinação da gripe


Comentários:


Voltar ao topo