No ar:
Meu Rincão - Marco Antônio Nunes    07h00min às 09h00min

Ouvir!     

» Geral » Turismo


15/06/2017 | 12h49min

Santiago do mapa do turismo brasileiro

Também estão Jaguari, Mata, Nova Esperança do Sul e São Francisco de Assis

Turismo cultural em Santiago. Foto: Ieda BeltrãoTurismo cultural em Santiago. Foto: Ieda Beltrão

Na última terça-feira, 13, aconteceu a reunião do Conselho de Prefeitos dos Municípios participantes do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Caminho das Origens, durante as festividades dos 52 anos do município de Mata.

 

O coordenador do Fórum Regional de Turismo do Vale do Jaguari, Rodrigo Neres, palestrou sobre o Programa Nacional de Regionalização do Turismo e apresentou os municípios que estarão, durante os próximos 2 anos, participando do mapa do turismo brasileiro. São eles: Jaguari, Mata, Nova Esperança do Sul, Santiago e São Francisco de Assis.

 

A delimitação territorial proposta pelo Mapa do turismo possibilita que as três esferas de governo (Municipal, Estadual e Federal) tenham mais conhecimento do território e possam atuar juntas para a convergência e a integração de suas ações. “O objetivo é consolidar os destinos, efetivando uma política pública para o setor, principalmente de estruturação de roteiros nesses municípios do Vale do Jaguari e, principalmente, trabalhar com a comunidade o sentido do desenvolvimento regional sustentável pelo turismo.” Salientou Neres.

 

O encontro contou também com a participação dos prefeitos Tiago Gorski de Santiago, Antão Perufo de Nova Esperança do Sul, Beto Turchiello de Jaguari,  Juca Dutra de Bossoroca e o anfitrião Prefeito Sérgio Bruning da cidade da Mata, além de diversos secretários municipais. 


Veja também:


26/05/2018 | 22h49min

» Perigo: Em Santiago, condutor embriagado quase colide em outro veículo

26/05/2018 | 13h23min

» Trânsito: Ponte Júlio de Castilhos em Jaguari é liberada para passagem de pedestres e veículos

26/05/2018 | 13h19min

» Educação: Blitz pede mais atenção dos motoristas ao trafegar em frente das escolas


Comentários:


Voltar ao topo