No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Futebol


19/04/2018 | 14h27min

Renato Portaluppi deve optar por revezamento, mas sem abrir mão de alguns titulares

Tropeços do time reserva no Brasileirão do ano passado serviram de lição

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/DivulgaçãoFoto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Apesar dos muitos jogos do Grêmio, Renato Portaluppi não deve poupar atletas, pelos menos não todos seus titulares. Ele até está promovendo alguns revezamento na equipe, e que será rotineiro a partir de agora, mas sem abrir mão de alguns titulares em todas as partidas.

 

Os tropeços do time reserva no Brasileirão do ano passado – que tiraram o Tricolor da briga pelo título – serviram de lição.

 

“Nós estreamos no Campeonato Brasileiro há poucos dias, fora a questão das viagens. Chega uma hora que é preciso dar uma segurada em um ou outro jogador”, disse Renato após o empate em 0 a 0 com o Cerro Porteño, pela Libertadores.

 

A resposta serviu como justificativa para explicar as ausências de Léo Moura e Maicon, ambos poupados pelo desgaste físico. No domingo, quando o Grêmio recebe o Atlético Paranaense na Arena pela segunda rodada do Brasileirão, os dois estarão de volta, assim como Luan, que recupera-se de uma fascite plantar no pé direito e também vinha apresentando desgaste.

 

Kannemann, expulso na vitória sobre o Cruzeiro, está fora. Mas, se por um lado o Grêmio terá o retorno de titulares importantes, por outro deve poupar atletas.

 

As chances maiores recaem sobre aqueles jogadores que atuaram na estreia do Brasileiro, no último sábado, e no duelo com o Cerro, na terça-feira. São os casos de Bruno Cortez, Arthur, Ramiro e Everton.


Veja também:


18/10/2018 | 17h30min

» Educação: Cartões do Enem serão liberados na segunda-feira

18/10/2018 | 17h08min

» Boa ideia: Empresas de Santiago aderem ao mês da alimentação saudável com promoções

18/10/2018 | 17h00min

» Economia: Comitiva embarca para China com a missão de atrair investimentos para Santiago e região


Comentários:


Voltar ao topo