No ar:
Olho Vivo - Jones Diniz    08h10min às 09h55min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Educação


23/03/2017 | 09h26min

Reitor Luiz Mario Silveira Spinelli diz que URI precisa se fortalecer

Segundo ele este é um momento da instituição falar "dela para ela"

Reitor Luiz Mario Silveira Spinelli. Foto: DivulgaçãoReitor Luiz Mario Silveira Spinelli. Foto: Divulgação

O reitor Luiz Mario Silveira Spinelli disse na última quarta, 22, na abertura do Quarto Ciclo de Formação Continuada para Coordenadores: Gestão Estratégica da Rede Colaborativa da URI, abordando o tema “relacionamento e comunicação” que trata-se de um momento de reflexão e que paradas como esta “são fundamentais para readquirir a confiança e a força”.

 

Segundo o reitor este é um momento da instituição falar “dela para ela”.  Luiz Mario Spinelli observou que o modelo de gestão da URI foi escolhido tal qual é, e que agora é um momento de “consolidar a URI como ela é!”.

 

Ainda conforme o reitor, a Universidade tem avançado, mas o caminho jamais se encerra. “Precisamos continuar avançando”. Salientou que a URI hoje está entre as três universidades comunitárias em melhor situação no Estado, em termos econômicos. Segundo informações de consultoria independente “a situação de anos passados não existe mais”.

 

Luiz Mario Silveira Spinelli insistiu no conceito de fortalecimento da URI. “Nós temos que trabalhar para fortalecer a Universidade”. Fez também uma reflexão sobre pontos importantes para facilitar o relacionamento em todos os setores da instituição, envolvendo todos os atores chamando a atenção para pontos como empatia, interação, reciprocidade, iniciativa, humildade, reconhecimento, perdão, sorriso, sinceridade, conselhos, feedback e gratidão.

 

Antes da manifestação do reitor, o diretor geral do câmpus, professor Paulo José Sponchiado, saudou a todos fazendo uma reflexão sobre o momento atual que o país atravessa, destacando que as crises não são a questão central, mas sim o que fazemos com ela. Também enalteceu os Ciclos de Gestores como um momento para esclarecer dúvidas e enfrentar desafios.

 

Os três pró-reitores enfatizaram claramente a necessidade de todos os envolvidos com a URI de registrarem suas ações. Números, iniciativas e ações nas mais diferentes áreas do conhecimento, precisam estar à disposição não só para futuras avaliações internas e externas, mas para registrar a própria história da Universidade através dos seus feitos. O encerramento do evento no Câmpus de Erechim ocorreu às 16h pela Pró-Reitoria de Ensino.

 

O reitor e os pró-reitores, com as respectivas assessorias, também estarão presentes nos demais encontros deste evento já incorporado ao calendário da URI. Nesta quinta-feira, 23, em Frederico Westphalen, dia seis de abril em Santiago e São Luiz Gonzaga e dia sete em Santo Ângelo e Cerro Largo. 


Veja também:


22/09/2017 | 13h21min

» Trânsito: Uso do celular enquanto dirige está entre as principais infrações de trânsito, em Santiago

22/09/2017 | 13h14min

» Agricultura: Irregularidades na emissão de Receitas Agronômicas chama atenção

22/09/2017 | 12h54min

» Canteiro de conservação da RS 377: Deputado Miguel Bianchine faz pressão junto a secretria de Transporte


Comentários:


Voltar ao topo