No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Música


12/03/2018 | 10h14min

Projeto musical do Cras Delci Viero Ruivo transforma a vida de crianças e adolescentes

Grupo é constituído quase todo de crianças e adolescentes, entre 11 e 17 anos, moradores de bairros diversos

Crianças fazem sucesso em suas apresentações. Foto: DivulgaçãoCrianças fazem sucesso em suas apresentações. Foto: Divulgação

Já imaginou o que um cantor sente ao subir num palco e ser aplaudido? O poder que é transmitido nas palmas, nas palavras de incentivo, no carinho da plateia? Em Santiago, um grupo de uns 25 jovens está tendo essas vivências e acreditando que a arte pode ajudar muito em suas vidas.

 

São os integrantes da banda do Cras Delci Viero Ruivo, que é constituído quase todo de crianças e adolescentes, entre 11 e 17 anos, moradores de bairros diversos. O que os aproximou do Cras foi o trabalho social desenvolvido pela entidade, que procura manter jovens longe de caminhos adversos (drogas, álcool etc), e a oportunidade que se abriu de aprender a tocar um instrumento musical.

 

A banda marcial já existe há cinco anos, mas de um ano pra cá, os jovens estão sendo desafiados a tocar outros estilos musicais populares. E isso tem aberto portas para muitas apresentações. A banda já tocou na Feira do Livro, na Fecoarti, na abertura do ano letivo, no Jantar do Cordeiro e está convidada também a ir a Porto Alegre.

 

Quem os vê no palco, cantando e tocando com tanto profissionalismo, não imagina os sacrifícios pessoais de cada um para estar ali e nem mesmo as dificuldades vencidas. Boa parte dos instrumentos foi conseguida por meio de doações, a exemplo do Rotary que presenteou o grupo com uma bateria e camisetas. Outros instrumentos foram doados por pessoas da comunidade e Paola ressalta que tudo é bem-vindo.

 

Conforme Paola Muniz, coordenadora do Cras, eles fazem os ensaios duas vezes por semana, sob a orientação de Levi Dal Carobo e de Thiago Canterle, tendo também o acompanhamento da orientadora social Zelina Moreira."A banda tem sido o carro-chefe do Cras e temos muito orgulho de ver o que esses jovens estão conquistando, sendo reconhecidos e se interessando em estudar, em evoluir na vida. É muito gratificante e queremos vê-los ir mais longe", se emociona Paola.


Veja também:


19/09/2018 | 10h06min

» Música: Léo Pain se classifica para a semifinal do programa

19/09/2018 | 09h49min

» Meio Ambiente: Rio começa a multar comerciantes por uso de canudo de plástico

19/09/2018 | 09h25min

» Memória: Unesco estima em 10 anos prazo para restauração do Museu Nacional


Comentários:


Voltar ao topo