No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Educação


13/11/2017 | 05h50min

Professores decidem permanecer em greve

Conforme o Cpers, que representa a categoria, foram 1.160 votos favoráveis

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Durante assembleia geral realizada na sexta-feira os professores estaduais optaram pela manutenção da greve.

 

Conforme o CPERS –Sindicato, que representa a categoria, foram 1.160 votos favoráveis pela continuidade da paralisação contra 578 que manifestaram desejo pela retomada das atividades.

 

 Também foi colocada em votação a contraproposta do governo estadual, mas segundo o CPERS, a rejeição a ela foi majoritária.

 

 Ainda durante a assembleia geral da categoria foram aprovadas as propostas de mobilização. Estão entre elas, além da continuidade da greve, vigílias em frente a Assembleia Legislativa, visando pressionar parlamentares em votações e propostas; a continuidade da realização de aulas cidadãs, e a promoção de caravanas em defesa da educação pública; IPE público de qualidade e a realização de protestos em empresas privadas sonegadoras e que recebem altos incentivos fiscais do governo estadual.


Veja também:


23/11/2017 | 10h07min

» Polícia: Localizado corpo de idoso em Jaguari; homem foi vítima de afogamento

23/11/2017 | 09h52min

» Política: Novo texto da reforma mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para mulheres

23/11/2017 | 09h47min

» Serviço: Último processo seletivo para estagiários neste ano na Prefeitura de Santiago


Comentários:


Voltar ao topo