No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h29min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Exército


14/02/2017 | 14h59min

Primeira Brigada de Cavalaria Mecanizada completa 95 anos

Ela está entre as cinco brigadas estratégicas de fronteira, criadas no RS

Sede da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. Foto: Ieda BeltrãoSede da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. Foto: Ieda Beltrão

A 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, com sede em Santiago está comemorando 95 anos de criação. Ela está entre as cinco brigadas estratégicas de fronteira, criadas no RS, fruto de uma reforma desde o término da Guerra do Paraguai e dos Canudos.

 

A primeira instalação da Brigada foi em 1908,  em  São Luiz Gonzaga, e, posteriormente em 21 de fevereiro de 1922,  em Santiago, fazendo parte da história da cidade.

 

  De acordo com o atual comandante, general Carlos José Russo Assumpção Penteado,  a 1ª Bda C Mec, é responsável por uma faixa de fronteira com mais de 640 quilômetros, desde o Rio Ibicuí, até a Reserva do Turvo.  Estão subordinadas as Organizações Militares 1º RC Mec (Itaqui), 2º RC Mec e 1ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada (São Borja), 4º RCB ( São Luiz Gonzaga) e 19º RCMec ( Santa Rosa), bem como 19º GAC, 9º Blog, 11ª Companhia de Comunicações, Esquadrão de Comando e 1º Pelotão de Polícia do Exército em Santiago.

 

A maior responsabilidade é a defesa da pátria, mantendo a integridade do território nacional. Três cidades concorreram na época para a sede da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, São Luiz Gonzaga (onde primeira foi instalada), São Francisco de Assis e Santiago. Por posição estratégica, a escolhida foi Santiago, recebendo o apoio do então prefeito José Ernesto Muller, que inclusive foi quem adquiriu o terreno onde foi construído o prédio do conhecido Quartel General, na Avenida Júlio de Castilhos.

 

Para comemorar os 95 anos da OM, acontecerá no dia 17 de fevereiro, às 10h30min, no 9º Batalhão Logístico a cerimônia cívico militar, com a presença de ex-comandantes: GeneraIis  Edson Alves Mey,  Daniel Lomando Andrade, Rosalino Hernandes Cândia, Cláudio Barbosa de Figueiredo, General Cláudio Barbosa de Figueiredo, Luiz Cesário da Silveira Filho,  Fernando Sérgio Galvão, General Orlando de Castro e Silva Campos,  Newton Alvares Breide,   João Ricardo Maciel Monteiro Evangelho,  José Eustáquio Nogueira Guimarães e General Douglas Bassoli, além do general Edson Leal Pujol, atual comandante militar do Sul, o qual irá presidir a cerimônia.  Também integram a lista, outros 15 oficiais generais da área do Comando Militar do Sul .


Veja também:


21/08/2017 | 10h46min

» Educação: Um dia para refletir o trânsito em Santiago

20/08/2017 | 15h14min

» Saúde: Mobilização para vacinação de adolescentes começa nesta segunda-feira

20/08/2017 | 15h09min

» Serviço: Provas do concurso da Prefeitura serão na URI


Comentários:


Voltar ao topo