No ar:

Ouvir!     

» Geral » Segurança


30/03/2017 | 17h04min

Prefeitura fecha as portas de desmanche de veículos irregular

Fiscal afirma que empresa não possui registro exigido pelo Detran para que funcione com desmanche de carros

Empresa tem o prazo de 30 dias para se defender. Fotos: Márcio Brasil/DivulgaçãoEmpresa tem o prazo de 30 dias para se defender. Fotos: Márcio Brasil/Divulgação

Em Santiago, o setor de fiscalização da Prefeitura determinou a interdição de uma empresa de desmanche de veículos, localizada na Osvaldo Aranha, bairro Belizário, estando proibida de operar. Os fiscais entregaram a notificação para um representante do estabelecimento e lacraram as portas. 

 

Conforme o secretário municipal Éldrio Machado, da Secretaria de Gestão, a Prefeitura já havia notificado anteriormente a empresa, aplicado multas e dado prazos para que se adequasse e se retirasse daquele local, onde a atividade está em desacordo com a legislação ambiental e o Plano Diretor.

 

O fiscal César Souza afirma que a empresa não possui registro exigido pelo Detran para que funcione com desmanche de carros. A empresa tem o prazo de 30 dias para se defender, mas nesse período ficará de portas fechadas.

 

 


Veja também:


17/06/2018 | 15h22min

» Economia: Preço do aluguel residencial sobe em maio, mas fica abaixo da inflação para o mês

17/06/2018 | 14h24min

» Agricultura: Clima favorece implantação das culturas de inverno no Rio Grande do Sul

17/06/2018 | 14h20min

» Saúde: Frio aumenta em 30% chances de internação por problemas cardíacos


Comentários:


Voltar ao topo