No ar:
Jornada Esportiva - Rede Gaúcha Sat    14h00min às 18h00min

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Saúde


29/05/2017 | 16h19min

Portaria autoriza uso de antirretroviral para prevenção ao HIV

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil é o primeiro país da América Latina a adotar a estratégia como política de saúde pública

Portaria do Ministério da Saúde publicada nesta segunda, 29, no Diário Oficial da União torna pública a decisão de incorporar ao Sistema Único de Saúde (SUS) o antirretroviral Truvada como profilaxia pré-exposição (PrEP) para populações sob maior risco de infecção por HIV.

 

A estratégia consiste no consumo diário do medicamento por pessoas que não têm o vírus, mas que estão mais expostas à infecção, como profissionais do sexo, homossexuais, homens que fazem sexo com homens, pessoas trans e casais sorodiscordantes (apenas um dos parceiros é soropositivo).

 

Com a publicação, a PrEP deve passar a ser distribuída em até 180 dias na rede pública de saúde.

 

De acordo com o ministério, o Brasil é o primeiro país da América Latina a adotar a estratégia como política de saúde pública. A PrEP já é utilizada em nações como Estados Unidos, Bélgica, Escócia, Peru e Canadá, onde é comercializada na rede privada, além de França e África do Sul.

 

O investimento inicial do governo brasileiro será de US$ 1,9 milhão para a aquisição de 2,5 milhões de comprimidos. A quantia deve atender a demanda pelo período de um ano.


Veja também:


22/10/2017 | 15h29min

» Meio Ambiente: País ganha indicador para medir seu patrimônio natural

22/10/2017 | 15h24min

» Estado: Imóveis de propriedade do Estado vão a leilão em novembro

22/10/2017 | 15h07min

» Trânsito: Ciclista é atropelado por uma caminhonete durante ultrapassagem proibida


Comentários:


Voltar ao topo