No ar:

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » CPX


22/06/2017 | 09h49min

Polícia Civil deflagra operação para combater crimes praticados de dentro de presídio

Alvo da ação é suspeito de mandar matar Bruno Dornelles Ribeiro, 24 anos, ano passado, na Rodoviária de Porto Alegre

Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoFoto: Polícia Civil/Divulgação

Na última quarta-feira, 21, a Polícia Civil de São Borja sob a supervisão do delegado de Polícia Regional, Charles Dias do Nascimento, titular da 21ª Região Policial e a coordenação do delegado de Polícia Marcos Ramos Vianna, titular da 1ª DP/São Borja, com a participação de agentes policiais de Santiago (coordenados pelo delegado Charles), Itaqui (coordenados pela delegada. Elisandra) e São Borja (delegado. Marcos) e apoio da Brigada Militar, deflagrou a Operação “CPX” com o objetivo de enfraquecer o grupo do traficante Marcos Martins Antunes, o Marquinhos, 26 anos, apontado por ordenar crimes de dentro do Presídio Estadual de Uruguaiana, na Fronteira Oeste.

 

Nos últimos dois anos, diferentes investigações demonstraram que ele foi mandante de pelo menos cinco assassinatos. A maioria dos crimes ligados ao detento ocorreram em São Borja, cidade em que ele tem sua base. 

 

O alvo da ação é suspeito de mandar matar Bruno Dornelles Ribeiro, 24 anos, ano passado, na Rodoviária de Porto Alegre e de mandar matar quatro homens por disputas ligados ao tráfico de drogas na cidade.

 

A Polícia Civil garante que ele também tem forte relação com traficantes de uma facção da Região Metropolitana, que o apoia nas execuções. Tal facção receberia em troca dinheiro obtido na venda de drogas na fronteira.

 

É um grupo extremamente perigoso, que além de execuções é responsável por diversas outras tentativas na nossa região recentemente — comenta o delegado Charles Dias do Nascimento, responsável pela ação.

 

Foram cumpridos quatro mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Dois indivíduos maiores de idade foram presos e dois adolescentes apreendidos, por supostamente serem responsáveis por um ponto de venda de drogas na cidade.


Veja também:


25/07/2017 | 15h58min

» Economia: Justiça Federal em Brasília suspende aumento de impostos sobre combustíveis

25/07/2017 | 11h45min

» Teatro: Chegou a hora de se inscrever para o 3º Enceninha

25/07/2017 | 10h05min

» Denúncia: Funcionário da Caixa Econômica Federal está desaparecido desde a última quinta


Comentários:


Voltar ao topo