No ar:

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Tráfico


02/07/2017 | 13h58min

PF prende um dos maiores traficantes de droga da América do Sul

Rocha era considerado um dos “barões das drogas” no Brasil ainda em liberdade

O traficante Luiz Carlos da Rocha, preso neste sábado (1º) pela Polícia Federal durante a Operação Spectrum. Foto: PFAssessoria de Comunicação da PFO traficante Luiz Carlos da Rocha, preso neste sábado (1º) pela Polícia Federal durante a Operação Spectrum. Foto: PFAssessoria de Comunicação da PF

A Polícia Federal (PF) prendeu  neste sábado, Luiz Carlos da Rocha, conhecido como Cabeça Branca, um dos traficantes mais procurados pela PF e a Interpol (polícia internacional) na América do Sul, segundo a corporação. Ele comandava uma organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro e foi alvo da Operação Spectrum, deflagrada neste sábado. Rocha era considerado um dos “barões das drogas” no Brasil ainda em liberdade, com condenações proferidas pela Justiça Federal que somam mais de 50 anos de prisão.

 

Em nota, a Polícia Federal informou que Luiz Carlos da Rocha foi recentemente localizado pela área de combate ao tráfico de drogas da instituição, apesar de ter feitos várias cirurgias plásticas para mudar a face. Ele estava usando o nome de Vitor Luiz de Moraes. A estratégia de mudar o rosto, segundo a corporação, também foi usada por “outro mega traficante internacional” preso pela PF em 2007, o colombiano Juan Carlos Ramírez-Abadía, conhecido como Chupeta.

 

A organização criminosa liderada por Rocha tinha perfil de extrema periculosidade e violência, segundo a PF, e utilizava escoltas armadas, ações evasivas, carros blindados, ações de contra vigilância a fim de impedir a proximidade policial, porte de armas de grosso calibre, bem como o emprego de ações violentas e atos de intimidação para se manter em atividade por aproximadamente 30 anos no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

 

EBC


Veja também:


25/07/2017 | 15h58min

» Economia: Justiça Federal em Brasília suspende aumento de impostos sobre combustíveis

25/07/2017 | 11h45min

» Teatro: Chegou a hora de se inscrever para o 3º Enceninha

25/07/2017 | 10h05min

» Denúncia: Funcionário da Caixa Econômica Federal está desaparecido desde a última quinta


Comentários:


Voltar ao topo