No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Segurança


07/10/2017 | 20h33min

Operação integrada entre Polícia Rodoviária Federal e Exército intensifica fiscalização na Fronteira Oeste

Ação ocorreu durante a primeira semana de outubro uma operação integrada com a finalidade de coibir os crimes fronteiriços

Operação conjunta. Fotos: Polícia Rodoviária Federal/DivulgaçãoOperação conjunta. Fotos: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

A operação iniciou na última segunda-feira (2) primeiramente, com instruções de abordagem, revista pessoal e veicular a fim de padronizar o trabalho de fiscalização de ambos os órgãos.

 

Na sequência, as equipes, compostas por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e militares do 2º RC Mec, montaram pontos de fiscalização em todo trecho compreendido pelos municípios de São Borja e Santo Antônio das Missões, incluindo as rodovias federais e estradas com ligações entre as BRs e a fronteira do Brasil com a Argentina. Além dos pontos terrestres, foi realizada patrulha fluvial, com o apoio da Polícia Ambiental, em uma extensão de aproximadamente 10 quilômetros do Rio Uruguai.

 

No período compreendido da operação foram fiscalizados 441 veículos e 486 pessoas, tendo como resultado operacional 7 pessoas detidas, sendo 1 com mandado de prisão por homicídio, 2 por tráfico de drogas, 2 por dirigir sob influência de álcool, 1 por desacato e 1 por estar dirigindo com sua habilitação suspensa.

 

Ainda foram apreendidas 827 gramas de maconha na quinta-feira, 5. Quanto às infrações de trânsito, foram autuados 57 veículos, sendo 6 por alcoolemia. Foram recolhidos 3 veículos, 5 certificados veiculares e 6 carteiras de habilitação. Durante a patrulha fluvial foram fiscalizados alguns barcos de pesca e alguns pesqueiros, resultando na apreensão de uma rede de pesca e aproximadamente 100 metros de espinhéis que estavam armados no rio Uruguai, em pleno período da piracema.


A Operação entre a PRF e o EB teve como missão proporcionar uma maior segurança nas áreas de fronteira, procurando coibir alguns dos crimes mais comuns na região que incluem o tráfico de drogas, contrabando/descaminho e o abigeato.
 


Veja também:


17/10/2017 | 14h20min

» Habitação: Secretaria da Fazenda informa prazo para pedir ou renovar a isenção de IPTU

17/10/2017 | 13h25min

» Adminstração: Fim de ano: prefeito Tiago Gorski acredita que contas da prefeitura devam fechar sem problemas

17/10/2017 | 13h21min

» Trânsito: Vítima de acidente de trânsito é transferida para Santa Maria


Comentários:


Voltar ao topo