No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Economia


17/09/2017 | 14h08min

Novo programa automotivo terá incentivo igual para indústria local e importador

Lançado em abril, o programa Rota 2030, que substituirá o Inovar-Auto como política para o setor automobilístico, concederá créditos tributários tanto a empresas que produzem no Brasil quanto às que importam. A intenção é sanar os problemas que levaram a Organização Mundial do Comércio (OMC) a condenar o Inovar-Auto, em vigor até 31 de dezembro.

 

As informações são do secretário de Desenvolvimento e Competitividade Industrial do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Igor Calvet, que concedeu entrevista à Agência Brasil da Alemanha, onde participa de missão com representantes de outros órgãos públicos para conhecer as iniciativas do país europeu em eletromobilidade (veículos movidos a energia elétrica).

 

O secretário explicou que a condenação pela OMC abrange dois pontos do Inovar-Auto. Um deles diz respeito à discriminação de produtos importados por meio da oneração, em 30 pontos, do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O outro está relacionado à adoção de uma estrutura de conteúdo local (estabelecimento de valor percentual mínimo de componentes brasileiros para cada equipamento ou sistema da indústria de automóveis).

 

EBC


Veja também:


17/10/2017 | 14h20min

» Habitação: Secretaria da Fazenda informa prazo para pedir ou renovar a isenção de IPTU

17/10/2017 | 13h25min

» Adminstração: Fim de ano: prefeito Tiago Gorski acredita que contas da prefeitura devam fechar sem problemas

17/10/2017 | 13h21min

» Trânsito: Vítima de acidente de trânsito é transferida para Santa Maria


Comentários:


Voltar ao topo