No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Política


28/03/2018 | 05h46min

Ônibus da caravana de Lula é atacado a tiros no Paraná

Manifestantes também teriam tentado furar os pneus do coletivo

Ônibus teria sido alvo de arma de fogo e pregos para furar pneus. Foto: Twitter / Reprodução CPÔnibus teria sido alvo de arma de fogo e pregos para furar pneus. Foto: Twitter / Reprodução CP

Nesta terça-feira (27), dois ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram atingidos por tiros de arma de fogo, entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Paraná. 

 

A ex-presidente Dilma Rousseff denunciou no Twitter os tiros. De acordo com ela, o incidente ocorreu quando o grupo passava por Laranjeiras do Sul. "Milicianos fascistas acertaram um tiro na lataria de um ônibus da caravana", comentou a ex-presidente. "Os agressores também usaram pregos para furar os pneus dos veículos. Mas a caravana passou", enfatizou Dilma.

 

Nas mídias do ex-presidente Lula, foi destacado o fato de que a caravana viajava sem escolta policial. Conforme Lula, o ônibus alvejado foi o que estavam jornalistas que participam da cobertura. Ele fez fortes críticas ao fato: “O que eu estou vendo agora é quase o surgimento do nazismo. O que estamos vendo agora não é política, porque se quisessem derrotar o PT, iriam para as urnas”, afirmou, em declaração postada no seu site oficial. “Se querem brigar, briguem comigo nas urnas. Mas vamos respeitar a democracia, a convivência na diversidade.”


Veja também:


18/12/2018 | 15h10min

» Oportunidade: Inscrições para o concurso do Banrisul abrem nesta quarta-feira

18/12/2018 | 13h37min

» Trânsito: Tratorista embriagado provoca acidente em Bossoroca

18/12/2018 | 13h34min

» Trânsito: PRF flagra pessoas dentro de furgão de caminhão, junto com mercadorias


Comentários:


Voltar ao topo