No ar:

Ouvir!     

» Geral » Cia Com


08/11/2017 | 10h16min

Militares que aturam em missão no Haiti são homenageados em Santiago

General Raul Rodrigues de Oliveira ressaltou a grandiosidade da missão

Foto: Sd Cristofari - Seção de Comunicação Social da 1ª Bda C MecFoto: Sd Cristofari - Seção de Comunicação Social da 1ª Bda C Mec

Em Santiago, a 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (1ª Bda C Mec), homenageou os seus integrantes que participaram da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH), a maior, mais extensa e mais bem sucedida atuação brasileira em missões de Força de Paz que encerrou-se neste ano de 2017.

 

A solenidade foi realizada nesta terça (7) no quartel da 11ª Companhia de Comunicações Mecanizada (CiaCom) e contou com a participação das unidades militares sediadas em Santiago, com destaque para um grupamento formado apenas por militares que participaram da missão no exterior, os peacekeepers.

 

O general Raul Rodrigues de Oliveira ressaltou a grandiosidade da missão, cujo componente militar foi comandado pelo Exército Brasileiro no período de 2004 a 2017, contando com a participação de tropas de outros 14 países.

 

A MINUSTAH foi criada pela ONU para restabelecer a segurança e normalidade institucional do Haiti após sucessivos episódios de turbulência política e violência. Após o terremoto de 12 de janeiro de 2010, que assolou o país, o Brasil aumentou seu efetivo, alcançando um total de 2 mil homens e mulheres na missão.

 


Veja também:


24/02/2018 | 13h41min

» Economia: Clientes do Banco do Brasil poderão usar Facebook para fazer transações bancárias

24/02/2018 | 13h39min

» Sustentabilidade: Uso da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidas, diz especialista

24/02/2018 | 12h40min

» Meio Ambiente: Famílias se sustentam com a reciclagem do lixo em Santiago


Comentários:


Voltar ao topo